Após declarações, Deputado Fernando Furtado vai responder judicialmente diz magistrado

O juiz José Carlos do Vale Madeira, da 5ª Vara da Justiça Federal, se posicionou sobre as declarações ofensivas do deputado estadual Fernando Furtado (PCdoB), que chamou o magistrado de “covarde”, durante uma audiência pública no dia 4 de julho no município de São João do Caru-MA.

Em conversa no blog de Luis Pablo, o juiz federal disse que ficou abatido com as ofensas que lhe foram dirigidas. Disse ainda que “irá adotar as medidas judiciais adequadas para que essas agressões sejam punidas”. E que espera que “a Assembleia Legislativa se pronuncie acerca da conduta de um dos seus membros”.

Madeira falou ainda ao Blog que tem conduzido o processo entre trabalhadores rurais e povo Awá-Guajá de forma transparente. Ele disse que hoje, dia 14, está sendo realizado uma reunião com os lavradores da terra Awa.

“Estou fazendo hoje, agora, uma reunião com lavradores da terra Awa. Estive no local duas vezes e fiz mais de dez reuniões com lavradores para evitar uma tragédia. Foram feitas diversas reuniões com a Secretaria da Presidência da República, INCRA, MPF e FUNAI, com o propósito de evitar que os lavradores sofressem maiores danos. Além disso, envolvi o INCRA na busca de imóveis para os lavradores para assenta-los. Essa agressão absurda do deputado atinge a instituição a que pertence: a Justiça Federal”, disse o magistrado.

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.