Aged-MA define diretrizes de 2017 para a defesa Agropecuária

Com o objetivo de garantir bons resultados para o desenvolvimento agropecuário, o Governo do Maranhão, por meio da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged-MA), definiu as diretrizes de trabalho para este ano. Na reunião de conclusão dos trabalhos foram estabelecidas as prioridades de investimento visando consolidar as atividades de defesa e inspeção agropecuária.

Entre as prioridades, no setor de defesa animal, as atividades do programa Aquicultura com Sanidade, lançado no fim do ano passado; realização do inquérito soroepidemiológico na área de suinocultura, visando a conquista do status de livre de peste suína clássica; e implementação da campanha de vacinação contra brucelose dos rebanhos bovinos e bubalinos.

Neste ano, também, uma das prioridades será garantir a continuidade dos trabalhos voltados às etapas da campanha de vacinação contra a aftosa que, nos anos de 2015 e 2016, alcançaram índices extraordinários em todas as etapas. Na área da inspeção animal, destaque para o registro de dois novos matadouros de bovídeos e o apoio ao registro de agroindústrias familiares são iniciativas prioritárias do Governo do Estado, além do avanço em outros programas sanitários ligados as cadeias produtivas estimuladas no Maranhão.

Na área de defesa e inspeção vegetal, as principais ações são as de monitoramento, com levantamento fitossanitários para a preservação, controle e erradicação de pragas vegetais, além das atividades de fiscalização do comércio de sementes e mudas, bem como fiscalização do comércio e uso de agrotóxicos e da destinação das embalagens vazias.

Reestruturação

Visando o fortalecimento das ações no estado, a Aged-MA passará por um processo de reestruturação, que consiste na consolidação das parcerias com as prefeituras municipais expandindo as ações de defesa agropecuária através da implantação de Postos de Atendimento e a abertura de 5 novas Unidades Locais de Sanidade Animal e Vegetal, (USALV) em municípios de grande demanda.

Para o presidente da Aged-MA, Sebastião Anchieta, todo esse processo de reestruturação marca um novo momento do órgão, pois consolida parcerias entre o Governo do Estado e prefeituras municipais de apoio e incentivo aos agricultores do Maranhão. “Nossa reestruturação é muito positiva, pois revitaliza a Aged, consolidando e fortalecendo processos de defesa agropecuária; implantaremos novos postos de atendimento e melhoraremos os serviços já oferecidos; dessa maneira, a comunidade será a maior beneficiada, tudo graças ao trabalho do governo em conjunto com as prefeituras, fator primordial para esta parceria fosse selada”.

FONTE: GOVERNO DO ESTADO

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.