Acordos movimentam cerca de R$ 1 milhão no primeiro dia do Balcão de Renegociação de Dívidas

Os acordos celebrados entre empresas, instituições e cidadãos no primeiro dia do “Balcão de Renegociação de Dívidas”, promovido pelo Tribunal de Justiça do Maranhão, por meio do Núcleo de Solução de Conflitos, atingiu o montante de R$ 990.649,63 em dívidas renegociadas, resultando no valor final de R$ 555.538,76. O desconto médio registrado durante as negociações com 315 pessoas, com o parcelamento como principal benefício agregado, foi de 43,93%.

Os dados constam no balanço parcial do “Balcão de Renegociação de Dívidas”, aberto nessa segunda-feira (23), no Shopping Rio Anil, em São Luís. O evento se estende até sexta (27), no piso L1 do shopping, com atendimento das 10h às 18h (bancos) e das 10h às 20h (empresas).

A ação – que integra o projeto ‘Consumidor Adimplente – Cidadão com Plenos Direitos’ desenvolvido pelo Núcleo de Solução de Conflitos do TJMA – é voltada para os moradores de São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa, entre outros, com a finalidade de viabilizar acordos entre consumidores em situação de inadimplência e entidades credoras.

O coordenador do Núcleo, juiz Alexandre Abreu, atribui o êxito do resultado registrado no primeiro dia do Balcão à mudança de cultura vivenciada pela sociedade brasileira, que tem valorizado cada vez mais os métodos alternativos de solução de conflitos (conciliação, mediação e arbitragem).

SERVIÇOS – Além da renegociação de dívidas, outros serviços são oferecidos no local, tais como: atendimento de solicitações; informações sobre direitos dos cidadãos; consultoria financeira; oferta para contratos habitacionais; reclamações (problemas de cobertura, contestações de contas); cadastro de clientes na tarifa social de energia de baixa renda; recebimento (de IPVA, ICMS, ISS e IPTU); agendamento de audiências de conciliação nas áreas de relações de consumo, família (inclusive para coleta de DNA e confirmação de paternidade), vizinhança; encaminhamento de acordo para homologação judicial, entre outros.

Podem participar do Balcão clientes que possuem processos em andamento na Justiça contra as empresas participantes, assim como aqueles que ainda não têm ação judicial e desejam resolver a questão por meio do diálogo.

EMPRESAS – Bancos, empresas, instituições, concessionárias de serviços públicos, instituições de ensino superior, estão com stands no evento para recebimento do público, além de 450 empresas disponíveis por meio de plataformas digitais no stand da Mediação Digital. Mais de 100 profissionais estão envolvidos na organização do Balcão.

Estão presentes no evento: Câmara de Dirigentes Lojistas do Maranhão (CDL), Banco do Brasil, Banco Bradesco, Caixa Econômica Federal, Lojas Gabryella, Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz), Secretaria Municipal da Fazenda (SEMFAZ), Credishop, Companhia de Água e Esgotos do Maranhão (Caema), Ceape, Universidade Ceuma (Uniceuma), Faculdade Pitágoras, Faculdade Facam, Claro/NET, Companhia Energética do Maranhão (Cemar), escritório de advocacia Raul Abreu, Condomine, ServGroup. Câmara de Mediação e Arbitragem Empresarial do Maranhão (CBMAE/MA).

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.