Achava que alcançava a outra janela, mas não alcancei’, conta babá que pulou do 3° andar de prédio para fugir da patroa

Raiana Ribeiro da Silva, de 25 anos, contou que era agredida e mantida em cárcere privado pela patroa, em apartamento do bairro do Imbuí, em Salvador. Polícia investiga caso.

Quando eu vi o basculante do banheiro, aí eu tentei sair. Achava que alcançava a outra janela, mas não alcancei e me soltei. Fiquei pendurada em um ‘degrauzinho’ onde estende roupa, mas não alcancei a outra janela, me soltei e caí”. O relato angustiante é da babá Raiana Ribeiro da Silva, de 25 anos, que na quarta-feira (25), em Salvador, se jogou do terceiro andar de um prédio, para fugir da patroa que, segundo a jovem, a agredia e a mantinha em cárcere privado. 

O caso é investigado pela 9ª Delegacia Territorial (DT/Boca do Rio). Segundo a Polícia Civil, a patroa foi intimada e será ouvida nesta quinta-feira (26). O G1 tentou falar com a mulher, mas até a última atualização desta reportagem, não havia conseguido contato.

fonte da matéria postada: https://g1.globo.com/ba/bahia/noticia/2021/08/26/achava-que-alcancava-a-outra-janela-mas-nao-alcancei-conta-baba-que-pulou-do-3-andar-de-predio-para-fugir-da-patroa.ghtml

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.