Vereadora denuncia que estaria sendo perseguida por lideranças ligadas a prefeitura de São Luis

vereadora Rose Sales (PV/foto) denunciou nesta quarta-feira, 24, que supostas lideranças comunitárias estariam a serviço da Prefeitura de São Luís para atacá-la moralmente na imprensa e na mídia, por conta de sua atuação de oposição à gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT). “O líder comunitário Araújo do Coradinho chegou ao cúmulo de dizer que eu trai o prefeito. Eu nunca trai o prefeito Edivaldo. Agora o que eu não ia trair, era o povo e não vou fazer isso nunca”, declarou
Rose Sales chegou a mencionar, no programa Câmara em Destaque, da rádio Difusora AM que eventuais lideranças comunitárias estariam supostamente recebendo dinheiro para desqualificá-la perante ao povo de São Luís, por conta de sua condição de independência política.
“Não tenho medo de ameaças e retaliações. Estamos aqui firme na Câmara Municipal para fazer o meu papel moral de fiscalizar. Estou tranquila e apenas lamento que essa liderança comunitária tenha feito esse papel vergonhoso. Não tenho nada contra a pessoa do prefeito Edivaldo, mas sim com sua gestão desastrosa”, ressaltou.
Rose Sales destacou que desde junho de 2013, rompeu com a gestão do prefeito Edivaldo por não concordar com suas práticas administrativas. “Sempre tive um posicionamento propositivo e quero dizer que não sou manipulada por ninguém”, disse a nobre vereadora.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.