Tiro acidental de PM mata morador na porta de casa em São Luis

Segundo a versão da polícia, três militares estavam em busca de um suposto assaltante de celular, que ainda estava com o localizador ligado. Ao encontrar a casa indicada pelo localizador, dois militares foram para a porta. Um outro policial, identificado como soldado Brandão, cercou a casa e subiu o muro do quintal.

De acordo com o major João Holanda, comandante da Unidade de Polícia da Região Metropolitana , ao se apoiar no muro a arma do soldado Brandão disparou. Jhonatan estava na rua, observando a ação da polícia, quando foi atingido na região do tórax.

“Foi por impacto mesmo. A arma estava no coldre que fica no colete do policial. A arma disparou quando ele se ergueu e apoiou a barriga sobre o muro. Foi justamente em cima da arma, que atirou”, afirmou.

A esposa de Jhonatan, Cleudilene da Silva, contou que o marido estava no quarto e levantou pra ver o movimento na rua e que ele era uma ótima pessoa.

“Era um homem bom, trabalhador, nunca teve coisa com ninguém. Todo mundo gostava dele. Eu quero justiça”, lamentou.

Após ser atingido, Jhonatan chegou a ser socorrido pelos próprios policiais, mas acabou morrendo no hospital Socorrão 1. O major Holanda também afirmou que o soldado Brandão foi afastado das funções.

“Por medida cautelar, a gente afasta o policial. Ele está muito abalado e chegou a chorar no dia do incidente”, declarou o major.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.