SUCESSO DO ARRAIAL “ENERGIA DO SÃO JOÃO 2019” NO CEPRAMA

PROJETO AGRADOU TURISTAS E ACOLHEU PCD´S E IDOSOS DE FORMA ESPECIAL

Com um balanço mais que positivo de público e infra estrutura, o “Arraial Energia do São João 2019” foi realizado no Ceprama, e contou com uma ampla programação cultural totalmente aberta ao público e gratuita, que serviu para mostrar o melhor da diversidade e riqueza de ritmos da cultural popular maranhense para pessoas de todo o Estado e turistas.

Esse foi o terceiro ano consecutivo do projeto, e teve patrocínio do Grupo Equatorial Energia Cemar, via Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Governo do Maranhão; além de produção geral assinada pela empresa Octop Entretenimento, de Henrique Almeida. Além da rica programação, a infra estrutura desse ano foi bastante elogiada pelo público, em especial por idosos e pessoas com deficiência (PCD´s) que contaram com um espaço reservado bem em frente ao palco, com cadeiras e toda a facilidade de locomoção, além de vista privilegiada.

Para os PCD`s foi disponibilizado ainda o “Espaço Sensorial da Equatorial Cemar” com equipamentos sensoriais, com textos em braile, piso tátil e áudios narrativos, que aproximou os deficientes das apresentações, com a possibilidade de acompanhar as mesmas de forma diferenciada e adaptada para essas necessidades especiais. Um grupo de atletas cegos do Centro Desportivo Maranhense de Cegos / CEDEMAC visitou o local e aprovou a estrutura. Para a presidente da entidade Elcilene Frazão espaços como esse são necessários para promover a real inclusão dos PCD´s:

“A Equatorial Cemar está de parabéns por essa iniciativa, que deve ser modelo para outros eventos. A pessoa com deficiência merece essa inclusão e mais que isso, condições dignas de autonomia para se integrar como merece em nossa sociedade”, disse Elcilene.

Já para os turistas em visita à capital maranhense, foi disponibilizado o Expresso Energia do São João, um serviço de transfer gratuito feito em uma van, que percorreu os principais hotéis da cidade, trazendo e levando de volta os hóspedes, gratuitamente até o Ceprama, local do Arraial.

E em tempos de redes sociais, fez sucesso também a área cenográfica criada para fotos, com Janelões, Molduras e Cenas para a produção de fotos e publicações em redes sociais. Os chamados espaços “instagramáveis” foram bastante apreciados por todo o público. E por falar em público, esse ano mais de 70 mil pessoas visitaram o evento em seus 9 dias, com um total de 53 atrações culturais em mais de 60 horas de festa popular.

O produtor Henrique Almeida, da Octop, empresa à frente de toda a organização do evento, destacou o cuidado com os detalhes, de modo a oferecer a todos uma experiencia diferenciada e imersiva no melhor da cultura junina e da hospitalidade maranhense:

“No quesito atrações, tivemos o cuidado de contemplar todos os estilos artísticos e sotaques do nosso rico folclore. No atendimento ao público, inovamos ao adotar o Atendimento Numerado, com atendentes identificados por números em seus fardamentos o que permitiu um maior controle de qualidade. E para disseminar a cultura maranhense, criamos a mecânica Conhecer para Valorizar, que consistiu em breves testemunhais que narravam a história e os detalhes de cada atração antes de sua apresentação. Com tudo isso, tivemos um evento tranquilo, muito seguro e que com certeza, entregou ao público uma experiência diferenciada de lazer e cultura”, declarou o produtor.

Para o Grupo Equatorial Energia Cemar, patrocinar a cultura popular maranhense é investir em um rico patrimônio imaterial: “Somos parceiros desse projeto pelo terceiro ano consecutivo e ele cresce a cada ano. Ao investir na cultura popular a Cemar fomenta não apenas o folclore, mas também incentiva a economia informal, o turismo e o lazer inclusivo. Tudo isso junto, fazendo desse evento um projeto especial”, declarou o Presidente da Cemar Augusto Dantas.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.