Sobe para 62 o número de casos confirmados do coronavírus no Maranhão

Subiu para 62 o número de casos confirmados do novo coronavírus no Maranhão, segundo informações divulgadas pelo governador Flávio Dino, nesta quarta-feira (1º), por meio de uma rede social. O último boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) apontava um total de 754 casos monitorados e 1.247 casos descartados. Seis maranhenses diagnosticados com a doença conseguiram se recuperar.

Nas redes sociais, Flávio Dino chamou atenção para as medidas preventivas tomadas no estado. “Estamos enfrentando um inimigo grave e real: o coronavírus. Próximo boletim da Secretaria de Saúde vai registrar crescimento de casos. Reforço o apelo por medidas preventivas. Dependemos da consciência e engajamento de todos para evitar mortes e sofrimentos”, publicou.

Segundo o boletim mais recente da SES, 31 pacientes com Covid-19 continuam sendo monitorados por equipes do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS). Dos casos, três estão internados em um hospital particular da capital e dois em um da rede estadual de saúde.

Quarentena

Por causa da evolução no número de casos, a proibição de funcionamento de diversos comércios e estabelecimentos no Maranhão foi mantida por tempo indeterminado, mas, segundo o Governo do Maranhão, será reavaliada semanalmente. A proibição de funcionamento afeta os seguintes segmentos:

  • Bares, restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos congêneres;
  • Templos, igrejas e demais instituições religiosas;
  • Museus, cinemas e outros equipamentos culturais, público e privado;
  • Academias, clubes, centros de ginástica e estabelecimentos similares;
  • Lojas ou estabelecimentos que pratiquem o comércio ou prestem serviços de natureza privada;
  • “Shopping center”, galeria/centro comercial e estabelecimentos congêneres, salvo quanto a supermercados, farmácias e locais que prestem
  • Serviços de saúde no interior dos referidos dos estabelecimentos;
  • Feiras e exposições;
  • Indústrias, excetuadas as dos ramos farmacêutico, alimentício, de bebidas, produtos hospitalares ou laboratoriais, obras públicas, alto forno, gás, energia, água, mineral, produtos de limpeza e higiene pessoal, bem como respectivos fornecedores e distribuidores.

Primeira morte no Maranhão

O secretário estadual de Saúde, Carlos Eduardo Lula, confirmou no domingo (29) a primeira morte por infecção pela Covid-19 no Maranhão. A vítima é um homem de 49 anos, de São Luís e que tinha histórico médico de hipertensão. Ele estava internado em uma unidade hospital da capital maranhense.

Centro de Testagem

O Maranhão possui dois Centros de Testagem para casos do novo coronavírus. O primeiro, é localizado localizado na Policlínica Diamante em São Luís. O segundo também é localizado em São Luís, no Viva Beira-Mar.

Devem procurar os centros pessoas que estejam com sintomas de febre, tosse e dificuldade de respirar ou tenham feito viagens para outras áreas que estejam com casos confirmados da doença, e tenham tido contato com casos suspeitos ou confirmados de Covid-19.

Os laboratórios estão recebendo a coleta de material para a realização de exames para Covid-19 e dando orientações sobre as medidas que devem ser tomadas após o laudo. Os locais funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

Fonte: G1 MA

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.