Simulação marca celebração do Dia Nacional do Bombeiro

Em comemoração ao Dia Nacional do Bombeiro, festejado no dia 2 de julho, o Comando do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) realizou, na quarta-feira (2), um simulado de resgate contra incêndio em prédio residencial. A ação foi coordenada pelo major Paulo Andrade, comandante do 1 Grupamento de Bombeiros.,

O Condomínio Parque de La Touche, ao lado do Shopping da Ilha, foi o local escolhido para o treinamento. A ação contou com o apoio de 25 homens do CBMMA, de oito veículos (entre caminhões autobomba, autoescada, motos e ambulâncias), de um helicóptero do Grupo Tático Aéreo (GTA). Atraiu curiosos que acreditavam, num primeiro momento, que um incêndio realmente acontecendo, mas, posteriormente, perceberam que se tratava apenas de um treinamento.

“Quando passei pelos carros do bombeiro na Avenida dos Franceses imaginei que se tratava de um incêndio de grandes proporções, dai resolvi seguir o comboio para verificar o que estava acontecendo, o que me trouxe até aqui. Contudo, passado alguns minutos, percebi que se tratava apenas de um treinamento, o que me deixou duplamente feliz, haja vista que além de saber que ninguém estava correndo risco, certifiquei-me que o Corpo de Bombeiro do Maranhão possui homens treinados e equipamentos necessários para atuar em um caso concreto”, afirmou o mototaxista André Sérgio dos Santos Coutinho.

Na oportunidade, segundo informou o major, os bombeiros fizeram o uso da escada magirus, equipamento utilizado para combater em incêndio em grandes alturas. “Eu gosto de ver o nosso bombeiro vibrando, e nada melhor que um treinamento como esse para evidenciar a importância e orgulho da profissão que abraçamos”, disse o major. O oficial também ressaltou que o treinamento, além de celebrar um dia tão especial para a Corporação, também teve como escopo aprimorar a qualidade do serviço prestado em caso de necessidade.

Durante o treinamento, integrantes do programa Bombeiro Mirim, coordenado pelo tenente coronel Manoel Alves da Cunha também participaram, auxiliando no controle do trânsito no local.

Durante o treinamento a emoção era latente, tanto em oficiais, como o tenente Jonilson Duarte, quanto nas praças, como o sargento Hidelbrando Dinis da Silva. “Fazia muito tempo que não sentia uma emoção tão grande. E o que me deixou mais feliz foi por ter sido no dia reservado a nos homenagear”, finalizou o tenente Duarte.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.