Setor de serviços cai 2,2% em janeiro de 2017

Já em relação a janeiro de 2016, o indicador caiu 7,3%, segundo o IBGE.

O volume do setor de serviços do país iniciou 2017 em queda. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o recuo foi de 2,2% na comparação entre dezembro de 2016 e janeiro deste ano. No último mês do ano anterior, o setor havia registrado alta de 0,7% e, em novembro, estabilidade.

Já em relação a janeiro de 2016, o indicador caiu 7,3%. Com esses resultados, em 12 meses, o volume do setor de serviços acumula baixa de 5,2%.

Na comparação mensal, o segmento de serviços de informação e comunicação registrou alta de 5,5%, e os demais analisados pelo IBGE, mostraram recuo: serviços profissionais, administrativos e complementares (-14,5%), serviços prestados às famílias (-3,6%), outros Serviços (-3%) e transportes, serviços auxiliares dos transportes e correio (-0,7%).

A receita nominal em janeiro registrou queda de 1% sobre dezembro e 2%, na comparação com o mesmo mês do ano anterior. A taxa acumulada em 12 meses ficou negativa: -0,2%.

Região

Na análise regional, os maiores crescimentos de dezembro de 2016 para janeiro de 2017 partiram de Mato Grosso (31,1%), Alagoas (13,8%) e Piauí (12,6%).

Na comparação com janeiro de 2016, as maiores variações positivas foram registradas em Alagoas (14,7%), Piauí (8,1%) e Ceará (2,6%). Por outro lado, as quedas mais significativas partiram de Rondônia (-25,6%), Tocantins (-24,5%) e Amapá (-24,4%).

FONTE: G1

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.