SES, Ministério da Saúde e Nippon Foundation firmam parceria para enfrentar a hanseníase no Maranhão

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) recebeu, esta semana, equipes da Nippon Foundation e do Ministério da Saúde. O objetivo é o fortalecimento das ações de enfrentamento da hanseníase. Desta vez, a visita foi estendida ao Hospital Aquiles Lisboa, referência no diagnóstico e tratamento da doença no Maranhão.

Durante o encontro, nesta segunda-feira (27), o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, destacou a parceria com o Ministério da Saúde e a Nippon Foundation. “Agradecemos ao Ministério da Saúde, a Nippon, o senhor Sasakawa, por investirem no combate à hanseníase no Maranhão. Anteriormente, foram muitos anos sem o enfrentamento da doença no estado. Tivemos como primeira lição conhecer e reconhecer os números. Na saúde, estamos priorizando investimentos e ações. É dessa forma, com um planejamento efetivo, que vamos trabalhando com unidades de referência e a Força Estadual de Saúde na ampliação do alcance dos serviços e controle da doença no estado”, diz o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

O presidente da The Nippon Foundation é o japonês Ryoichi Sasakawa. A instituição atua na erradicação da hanseníase em vários países no mundo. No Brasil, desde 2017 a fundação é uma importante parceira, apoiando aquisição de medicamentos para pacientes em tratamento.

“O senhor Ryoichi Sasakawa, que é um embaixador da boa vontade para eliminação da hanseníase, deve vir ao Brasil, no mês de junho, e ao Maranhão – que é um dos estados no qual ele investe no tratamento da doença. E no Maranhão sabemos que o que se destaca é a busca ativa dos pacientes. Sabemos que o governador do Maranhão, Flávio Dino, tem um compromisso no enfrentamento da doença e acreditamos nisso, pois queremos que o Maranhão seja um estado modelo no combate à doença”, disse o diretor executivo Nippon Foundation, Takihiro Nanri.

Participaram também do encontro com o gestor estadual da Saúde os representantes do Movimento de Integração Social da Pessoa Acometida com Hanseníase; o secretário Estado de Articulação das Políticas Públicas, Marcos Pacheco; a subsecretária de Estado da Saúde, Karla Trindade; a secretária adjunta da Política de Atenção Primária e Vigilância em Saúde da SES, Waldeíse Pereira; o diretor administrativo do Hospital Aquiles Lisboa, Raul Fagner Leite da Silva, além da coordenadora do Programa de Controle da Hanseníase da SES, Maria Raimunda Mendonça.

No Maranhão, os municípios de São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar, Raposa e Alcântara participam do projeto Abordagens Inovadoras para um Brasil Livre da Hanseníase. “Estamos nesta visita para fazer uma avaliação de como estão atualmente as ações de combate à doença, e o que já evoluiu desde a implantação do programa. A Nippon é uma parceira importante no combate e erradicação da hanseníase no país, e o Maranhão é um dos estados prioritários para este combate”, destacou a coordenadora-geral de Hanseníase e Doenças em Eliminação do Ministério da Saúde, Magda Levantezi.

Aquiles Lisboa 

No Hospital Aquiles Lisboa, os representantes da Nippon Foundation e do Ministério da Saúde visitaram as dependências das unidades, assim como acompanharam o ciclo de atendimento, alas e serviços, assim como uma roda de cuidados com os pacientes.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.