Sem treinar, Ruy é dúvida para jogo com contra o Fla

O meia Ruy foi a ausência das atividades do Coritiba, realizadas na tarde desta terça-feira, no CT da Graciosa. O jogador iniciou o treinamento com os titulares, mas sentiu um desconforto muscular e deixou o campo. O camisa 26 será reavaliado pela equipe médica do clube para saber se terá condições de encarar o Flamengo na próxima quinta, no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília. A equipe realiza mais um treino na manhã desta quarta-feira antes de embarcar para a capital federal.

Em processo final de transição, o zagueiro Rafael Marques, o lateral-esquerdo Juan, o volante Fabrício, o meia Rodolfo e o atacante Negueba, mais uma vez,participaram normalmente das atividades no gramado e tem chances de serem relacionados para o duelo contra o Rubro-Negro carioca. Juan fez trabalhos específicos enquanto os reservas treinavam sob o comando do auxiliar técnico Marcelo Serrano.

O Coxa faz a última atividade na quarta-feira, no Couto Pereira, antes da viagem para a capital federal.

Os três estão fora da equipe alviverde desde agosto. Negueba teve uma lesão muscular na coxa direita e desfalcou o time nos últimos quatro jogos pelo Brasileirão. Juan sofreu uma entorse no joelho direito na partida contra o Grêmio, pela Copa do Brasil, e ficou fora das últimas seis partidas do Coxa no Brasileiro. Já o zagueiro Rafael Marques saiu machucado na partida contra a Chapecoense, na 20ª rodada, após sofrer uma lesão muscular.

O técnico Ney Franco ainda terá a volta do volante Alan Santos, que cumpriu suspensão na partida diante do Colorado. Permanecem no departamento médico o lateral-direito Rodrigo Ramos e o atacante Keirrison.

Uma provável escalação do Coritiba conta com Wilson, Leandro Silva, Walisson Maia (Rafael Marques), Juninho, Carlinhos, João Paulo, Cáceres (Alan Santos), Lucio Flavio, Ruy (Negueba), Kleber e Henrique Almeida.

Flamengo e Coritiba se enfrentam às 21h (horário de Brasília) de quinta-feira, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. Válida pela 26ª rodada do Brasileirão.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.