Sebrae capacita 2 mil jovens de escolas municipais do litoral ocidental maranhense

Estimular desde cedo os princípios do empreendedorismo em crianças e adolescentes é uma estratégia valiosa para construir jovens e adultos que saibam administrar um negócio e encontrar soluções para gerenciar problemas cotidianos.

Diante dessa perspectiva, o Sebrae Maranhão tem trabalhado no desenvolvimento de propostas para esse público, por meio do projeto Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP), com o objetivo de qualificar jovens empreendedores no incentivo ao espírito empreendedor e na orientação para os negócios dessa nova geração.

Com a proposta de fortalecer esse projeto, a Unidade do Sebrae em Pinheiro tem criado formas e estratégias de articulação junto aos gestores das 25 prefeituras dos município atendidos pela unidade regional, com o propósito de motivar a implantação do JEPP nas escolas da rede municipal.

No ano de 2018, esse trabalho refletiu em mais de 2.200 alunos de sete escolas da rede municipal, beneficiados com o programa nos municípios de Alcântara, Bequimão, Guimarães e Mirinzal, envolvendo 120 professores capacitados com a metodologia.

Ao final de cada edição do programa, acontece uma feira com o objetivo de colocar em prática os ensinamentos compartilhados pelos professores sem sala de aula. Para os alunos, é um momento de relacionamento que reúne professores, familiares e a comunidade de cada município e uma oportunidade de ativar os princípios empreendedores.

Como avaliou o aluno Héllyo Pereira, 08 anos, da Escola Municipal Barão de Grajaú, no município de Alcântara, que se sentiu motivado com tudo que aprendeu. “Fez com que eu sentisse vontade de ir para a escola. Gosto das atividades e confecção dos brinquedos que fazemos na sala de aula”, disse ele.

No total estima-se ter participado mais de 5 mil visitantes das feiras JEPP em 2018 e com um movimento de venda num total de R$ 700,00 (setecentos reais) por feira. O que contabilizou um volume de vendas em torno de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) destinados à realização de atividades de lazer com os estudantes das escolas.

Para Jucelina Rodrigues, diretora da Unidade Escolar Benedita Gusmão Moraes do município de Bequimão, durante a aplicação do programa, houve uma transformação e entusiasmo de todo o corpo docente e discente da escola.

“Creio que houve um total envolvimento dos professores e percebo o quanto houve motivação dos alunos nos dias que aplicamos o JEPP na escola. É perceptível o entusiasmo e o desenvolvimento dos alunos, não só para as atividades do projeto, como também para aulas de outras disciplinas”. Tudo mudou por aqui”, analisou a diretora.

Para 2019, a estimativa é que mais de 10 cidades do Litoral Ocidental Maranhense participem do programa em suas escolas, segundo informou a gerente regional da unidade do Sebrae em Pinheiro, Graça Fernandes.

‘’ Nosso propósito é dar continuidade na articulação junto com as prefeituras dos municípios que atendemos, e assim motivar os gestores na implantação deste riquíssimo projeto. Já temos confirmadas mais de dez prefeituras que expressaram sua vontade em estabelecer a metodologia em suas escolas, isso muito nos alegra’’, disse Fernandes.

O QUE É O JEPP

O JEPP visa fomentar a educação e a cultura empreendedora. O curso procura apresentar práticas de aprendizagem, considerando a autonomia do aluno para aprender, além de favorecer o desenvolvimento de atributos e atitudes necessárias para a gestão da própria vida.

O programa apresenta dois eixos centrais: estímulo ao comportamento empreendedor e orientação para o plano de negócios, com aprofundamento gradual; além de quatro temas transversais: cultura da cooperação e da inovação, ecosustentabilidade, ética e cidadania.

A metodologia do JEPP é vivencial e semi-aberta e proporciona à escola e aos professores a oportunidade e liberdade de fazer adequações do tema, de forma a contextualizar eficazmente o curso à realidade local e dos alunos.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.