São Paulo-Casal de foliões com filho bebê cria bloco de Carnaval adaptado para receber a família toda

Pedro, hoje com 2 anos, nasceu na segunda-feira de Carnaval de 2017. Os pais Diogo e Julia, amantes da maior festa popular do país e foliões de carteirinha, ficaram, claro, muito felizes! Mas, no ano passado, quando o Carnaval chegou novamente, eles queriam ir para a rua. Mais do que isso: queriam muito que o bebê fosse junto!

Foi, então, que tiveram a grande ideia! Por que não adaptar um berço para o Pedro poder pular, sentar e descansar, sem estresse ou perigo, e sem cansar o colo dos pais? Assim nasceu o Berço Elétrico. Com rodinhas, guarda-sol e placas almofadadas de proteção para que o bebê pudesse desfrutar da festa com todo o conforto e segurança.

A família acabou se divertindo tanto que decidiu ajudar outros pais que passam pela mesma situação e, neste ano, fundaram o Bloco do Berço Elétrico. O trio tem o formato de um grande berço e faz sua estreia com a expectativa de receber cerca de 2 mil foliões, entre mamães, pais e bebês de 6 meses a 6 anos, além de, claro, titios, vovós, padrinhos e todos que curtem o Carnaval de Rua de São Paulo.

O desfile vai acontecer no sábado, dia 2, no Parque Burle Marx, na Vila Andrade, e vai contar com tenda de amamentação, fraldário, área de repouso e banheiros adaptados para toda a família. E o melhor: a entrada será totalmente gratuita.

“Preparamos um bloco com infraestrutura ideal para receber os pequenos foliões e toda a família, tanto que teremos até monitor de decibéis para controlar o volume do som do trio, cujo repertório, aliás, deve atender os gostos de toda a família, com marchinhas, músicas infantis e músicas clássicas do carnaval nordestino”, explica o pai do Pedro, Diogo Rios, organizador do evento.

Diogo informa ainda que ninguém precisa se preocupar em adaptar um berço para o seu bebê. “Para garantir que todos fiquem confortáveis durante a folia, teremos um serviço de empréstimo dos nossos ‘berços elétricos’, mediante a doação de 8 pacotes de fraldas ou 8 latas de leite ou fórmula infantil”, ressalta.

Segundo o organizador, todas as doações, tanto dos produtos quanto dos berços, serão destinadas a abrigos municipais e organizações não governamentais.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.