Sampaio empata com Mogi Mirim e perde a chance de liderar o brasileirão da série B

Na Noite desta sexta-feira, Mogi Mirim e Sampaio Corrêa ficaram no empate por 1 a 1 no Estádio Romildão, casa do Sapo. O time da casa, que ainda não venceu sob o comando de Edinho, saiu atrás no placar durante o primeiro tempo, quando Robert marcou para a equipe tricolor. Na etapa complementar, Juazeiro deixou tudo igual. Com o resultado, o Mogi somou seu primeiro ponto na tabela da segunda divisão nacional, e subiu para a 18ª colocação. Já o Sampaio, em fase oposta, havia vencido nas duas primeiras rodadas e foi a sete pontos, dormindo assim na vice-liderança.

O próximo compromisso do Mogi Mirim na Série B está marcado para o dia 30 de maio (sábado), quando a equipe enfrenta o Oeste, em Itápolis. Já o Sampaio Corrêa volta a campo no mesmo dia, mas em seu território, no Castelão, para medir forças com o Náutico.

Faltou criatividade às duas equipes no início do duelo. Tanto os donos da casa quanto a Bolívia Querida, tentavam chegar ao campo de ataque principalmente através de chutões e lançamentos, mas esbarravam em sua imprecisão e na marcação adversária.

Aos 12 minutos, o Mogi fez uma jogada diferente e, após troca de passes na entrada da área, Magrão arriscou o chute, mas mandou para fora. A resposta do Sampaio, ao contrário, foi letal. Aos 18, na primeira boa troca de passes tramada pelos visitantes, Daniel tabelou com Válber e cruzou na área. Oportunista e bem colocado, o atacante Robert chegou de carrinho para completar e abrir o placar.

Após marcar, no entanto, os visitantes se recuaram, ao passo que o Mogi dominava as ações ofensivas, mas ainda demonstrava pouca de criatividade. Entre um cruzamento e outro à área de Ruan, Romarinho bateu falta com força e dificultou para o goleiro, que espalmou para o meio. No rebote, Geovane partiu para a finalização, mas, pressionado, mandou por cima do gol. O próprio Geovane foi o responsável pelo melhor lance do time da casa na partida. Aos 35 minutos, ele aproveitou rebote na intermediária e soltou uma bomba venenosa, que explodiu na trave visitante.

Edinho promoveu duas mudanças no Sapo durante o intervalo: Magrão e Leonardo deixaram o campo para darem lugar a Geovane Batista e Rivaldinho. Buscando o campo de ataque na volta dos vestiários, a equipe mandante chegou com perigo aos nove minutos, quando Rivaldinho fez sua primeira boa participação chutando forte de fora da área pelo lado esquerdo, mas a finalização foi para fora, raspando o travessão.

Na sequência, o time ficou ainda mais ofensivo com a entrada do atacante Júnior Juazeiro no lugar do meia Elvis. E a estrela de Edinho brilhou, pois, quatro minutos depois, após chute de Ratinho explodir na trave e defesa de Ruan no rebote aproveitado por Rivaldinho, Júnior Juazeiro não desperdiçou a terceira bola e fuzilou para o fundo das redes, igualando o marcador.

Aos 20 minutos, foi o Sampaio Corrêa que ficou mais ofensivo, com a entrada do atacante Edgar no lugar de Válber. Mas os donos da casa seguiram trocando mais passes, enquanto a equipe maranhense tentava reagir através dos contra-ataques, e o jogo ficou truncado. Leonardo Condé promoveu mudança no ataque, colocando Jheimy na vaga de Robert. Já aos 42 minutos, fez a última alteração, também no setor ofensivo, e colocou Geraldo no lugar de Cleitinho. Mas o placar se manteve, e ambas as equipes somaram um ponto na Série B.

Com o empate o Sampaio cai uma posição na tabela ,  ficando agora em segundo lugar, com apenas 7 pontos, onde vai esperar os outros resultados da rodada deste sábado .

 

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.