Revitalização da APA do Itapiracó muda a vida de moradores da capital

 

Moradores da região da Área de Preservação Ambiental (APA) do Itapiracó, em São Luís, dizem que as obras feitas pelo Governo do Maranhão no parque transformaram o dia a dia de quem reside por lá. A reserva será inaugurada, oficialmente, neste sábado (29), entregando à população o maior centro de lazer de todo o Maranhão.

 

Maria do Socorro Lima, de 47 anos, mora no entorno da APA e afirma que as obras a fizeram desistir de vender o imóvel. “Eu desisti de vender minha casa por causa dessa obra. O parque agora garante a todos lazer e segurança por conta do movimento de pessoas que se exercitam e do policiamento que faz rondas no local”, diz Maria do Socorro.

 

Ela lembra como era em anos anteriores e como ficou agora. “Eu falo em nome dos moradores, essa é uma obra de muita grandeza. A gente respira bem melhor, sente o ar puro. Isso aqui antes só servia mesmo de abrigo para marginais que vinham se esconder após cometer delitos. Na frente da minha casa, no local do parque, existia era um depósito de lixão”, afirma.

 

Obras de revitalização da APA do Itapiracó mudam a vida de moradores da capital. (Foto: Orcenil Júnior)

Obras de revitalização da APA do Itapiracó mudam a vida de moradores da capital. (Foto: Orcenil Júnior)

 

 

 

O espaço, antes esquecido, foi reformado, passando por melhorias na estrutura, com novos acessos, obras de urbanização e revitalização do entorno, resultando em um novo ambiente de convivência para os maranhenses.

 

No total, a reserva tem 322 hectares e três estacionamentos para receber 250 veículos durante a visitação das três praças principais: Praça do Atleta, Praça da Criança e Praça da Família. Também existem praças pequenas ao longo da pista de cooper e dos acessos às trilhas.

 

O complexo ainda conta com campos de futebol, uma quadra poliesportiva coberta, parquinhos infantis, circuito de skate, áreas para futebol de areia e futevôlei. Também existem ambientes voltados para a contemplação do lugar e os acessos pela Chácara Itapiracó, Comunidade Canudos e Terra Livre.

 

“Ganhamos uma área de lazer e para sair da rotina. Foi uma mudança essencial, não só para quem mora aqui, mas para todos que gostam de praticar esporte ou mesmo quem vem somente passear e respirar um ar que não seja poluído. A área aqui é bem democrática e todos têm espaço e vez”, analisa a professora Tainara Silva, de 22 anos, frequentadora do parque.

 

Obras de revitalização da APA do Itapiracó mudam a vida de moradores da capital. (Foto: Orcenil Júnior)

Obras de revitalização da APA do Itapiracó mudam a vida de moradores da capital. (Foto: Orcenil Júnior)

 

 

Lazer para todos

 

A implantação de equipamentos para se exercitar ao longo da via e a instalação de pista de cooper e de ciclismo garantem a presença de um público diversificado. “Você pode perceber que tem frequentador de todos os jeitos e idades. Sorte da gente que passa a contar com um complexo de lazer e esporte tão legal como esse”, ressalta a jovem Tainara Silva.

 

O estudante Kerverson Silva, de 21 anos, mora no Monte Castelo, mas faz questão de visitar a APA do Itapiracó para contemplar a paisagem e se exercitar.  “Eu já tinha vindo andar de patins. Essa é a segunda vez e vou continuar vindo, pois esse espaço é muito agradável. Aqui eu me exercito e, em seguida, fico para descansar e respirar um ar puro. Queria que a natureza tivesse feito um desse no Monte Castelo”, brinca o estudante.

 

Samuel Derik, de 15 anos, é morador do Vinhais e também está aproveitando as obras realizadas na APA do Itapiracó. “Isso aqui é um atrativo muito grande. Não tem como não ficar solto neste espaço. Eu e meu grupo estamos marcando sempre para vir dar uma volta de skate”, diz.

 

Obras de revitalização da APA do Itapiracó mudam a vida de moradores da capital. (Foto: Orcenil Júnior)

Obras de revitalização da APA do Itapiracó mudam a vida de moradores da capital. (Foto: Orcenil Júnior)

 

Para levar comodidade, conforto e segurança à comunidade, a equipe do Batalhão de Polícia Ambiental faz rondas, monitoramento e fiscalização da unidade de conservação 24 horas por dia. Isso inibe ações de vandalismo e o descarte inapropriado de resíduos sólidos.

 

Sobre a APA

 

A Área de Proteção Ambiental (APA) do Itapiracó foi criada pelo Decreto Estadual nº 15.618, de 23 de junho de 1997, e tem um total de 322 hectares, cobertos, ainda, por uma vegetação remanescente da Floresta Amazônica classificada em mata de terra firme e mata periodicamente representada por angelim, andiroba, pequi, bacuri, ariri, sapucaia, buriti, janaúba e tucum, entre outras. Além da conservação da fauna e da flora, a APA representa importante papel na manutenção do microclima da Ilha de São Luís.

 

 

 

 

 

 

 

 

FONTE: GOVERNO DO ESTADO

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.