‘Renascido’ no Verdão, Valdivia quer saúde por título e Copa em 2014

O meia Valdivia, do Palmeiras, se prepara para liderar a equipe no jogo contra o São Caetano, sábado, às 16h20m (horário de Brasília), no Pacaembu. Com um empate, o Verdão garante o retorno à elite do Campeonato Brasileiro seis rodadas antes do fim da Série B. Um resultado que vai coroar o bom momento do Mago e significará a redenção do chileno, que viveu maus bocados no início da temporada.

Antes de chegar ao esperado jogo do acesso, Valdivia conviveu com diversas situações. Uma trajetória ascendente, em velocidade vertiginosa. Polêmicas, lesões, brigas com torcedores, recuperação, sequência de jogos pelo Palmeiras na Série B, volta à seleção chilena e classificação para a Copa do Mundo de 2014. Tudo num mesmo ano.

Do inferno ao céu, Valdivia mudou radicalmente de postura. Peça fundamental na seleção chilena e no Verdão, ele conseguiu se transformar a ponto de ser até sondado pelo Flamengo. De bem com quase toda a galera alviverde – exceção feita às organizadas, o que não o incomoda -, ele almeja o retorno do Verdão à Série A como campeão.

Já para 2014, ano do centenário, de inauguração da Arena, o Allianz Parque, e de Copa do Mundo no Brasil, o Mago só tem um desejo: condições físicas para participar de todos os jogos.

Valdivia Palmeiras (Foto: Marcos Ribolli)Valdivia feliz com o fim de ano e projeta 2014 especial (Foto: Marcos Ribolli)

– É muito simples: o meu principal objetivo é jogar. E claro, é o ano do centenário, em que voltaremos para o nosso estádio e ano de Copa. A meta na minha cabeça é poder jogar tudo isso: uma Copa do Mundo, poder conquistar alguma coisa importante para o Palmeiras no ano do centenário e principalmente ter saúde física, que me dê a chance de jogar todas sem problemas – afirma.

Quero saúde física para jogar todas sem problemas”
Valdivia

Valdivia começou o ano com atraso na reapresentação e dura do técnico Gilson Kleina. Foi duramente criticado, xingado, mas se emendou. Atualmente, ele é muito elogiado por estar absolutamente comprometido com o cronograma especial de treinamentos estabelecido pela comissão técnica de Gilson Kleina. O monitoramento, aliás, tem dado certo.

O divisor de águas para a reviravolta na sua temporada se deu na parada para a Copa das Confederações, período em que teve tempo para se preparar. Depois disso, conseguiu fazer duas sequências de seis partidas seguidas, as maiores no ano. O resultado foi a ressurreição do meia no Palmeiras e na seleção chilena. Valdivia não defendia seu país desde 2011, quando foi afastado por indisciplina.

– O começo do ano não foi bom, porque não joguei as partidas que gosto, semifinal e final. Depois, no meio do ano, teve uma mudança positiva. Comecei a jogar mais e a ser decisivo para o Palmeiras nos jogos que era para ser decisivo. E agora no fim do ano estou continuando com essa sequência. Voltei de um longo tempo fora da seleção e fui, junto com os outros jogadores do país, premiado com mais uma classificação para a Copa do Mundo – afirma.

– O fim do ano está sendo positivo, mas ainda tem jogos pela frente que gostaria de jogar. Mas não tem outra palavra a não ser felicidade para definir. Para ser 100% feliz, quero voltar para a Série A com o Palmeiras campeão – emenda.

Valdivia Palmeiras (Foto: Marcos Ribolli)Valdivia explica virada na temporada e espera fechar o ano com título (Foto: Marcos Ribolli)

De volta ao time neste sábado após cinco rodadas e recuperado das dores no joelho esquerdo, Valdivia poderá ajudar o Verdão a dar o primeiro passo para consolidar sua felicidade. O Mago pede à torcida que continue o apoiando e agradece o carinho demonstrado nos jogos e nos contatos com os fãs na rua. Assim como ele próprio, a nação alviverde certamente deseja vê-lo em campo durante todas as decisões do Palmeiras no ano do centenário.

NÚMEROS DE VALDIVIA PELO PALMEIRAS NO ANO

GOLS: 4
JOGOS: 23
ASSISTÊNCIAS: 8
APROVEITAMENTO: 69,5% dos pontos (14 vitórias, seis empates e três derrotas, apenas uma como titular)

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.