Rose Sales rechaça a possibilidade de compor chapa com Wellington do Curso

Sales disse que nunca recebeu convite para ser vice de Wellington
Sales disse que nunca recebeu convite para ser vice de Wellington (Foto: Diuvlgação)

A vereadora Rose Sales (PMB), pré-candidata a prefeita de São Luís, rechaçou a possiblidade de compor, na condição de vice, a chapa do deputado estadual e pré-candidato a prefeito Wellington do Curso (PP).
Rose afirmou que jamais recebeu qualquer convite por parte de Wellington para a formação de uma chapa, reafirmou a sua candidatura ao Executivo Municipal e explicou que já trabalha na construção de uma plataforma de governo. As declarações da pré-candidata foram dadas com exclusividade a O Estado.
“Não existe nenhuma conversa no sentido de que eu componha a chapa de Wellington. Esse convite foi eu quem havia feito a Wellington, antes mesmo de ele se filiar ao PP, para que ele fosse o meu vice. Fiz esse convite pessoalmente ao deputado, justamente porque eu saí como a terceira maior força política da Ilha nas últimas eleições e pelo histórico de trabalho que tenho em São Luís”, disse.
Sales assegurou que em nenhum momento chegou a cogitar abrir mão de sua candidatura para o comando do Palácio La Ravardière. Ela disse estar ciente dos boatos de que poderia não mais disputar o Executivo, e classificou esse tipo de informação como uma armação de adversários políticos.
“Eu não sou pré-candidata para ser vice. Eu poderia muito bem permanecer na minha comunidade e garantir a reeleição para a Câmara Municipal, mas não é esse o meu objetivo. Minha questão não é cargo, mas sim compromisso em fazer com que São Luís entre nos trilhos do desenvolvimento e cresça. Eu quero resgatar dignidade para a vida da população”, disse.

Abrindo o jogo

Há alguma possibilidade de você compor chapa, na condição de vice, de Wellington do Curso?
Nenhuma. Sou pré-candidata a prefeita e não a vice. Tenho projetos para São Luís. E em relação a Wellington, jamais sequer recebi convite. Pelo contrário. Foi eu quem o convidou para ser o meu vice.

Em algum momento você cogitou abrir mão da disputa do Executivo e garantir reeleição?
Não. Estou obstinada a disputar essa eleição. Nunca tive variação alguma em relação a esse projeto. O que existe lá fora é muita especulação e muita má fé nas informações que são veiculadas a meu respeito.

Sua pré-candidatura pouco tem sido divulgada. Quais os avanços? Há apoio partidário?
Estamos trabalhando intensamente. Temos alcançado adesões importantes e estamos construindo a nossa plataforma de governo. Estou tranquila em relação a este projeto e fortificada nas bases. O que queremos fazer em breve é apresentar uma plataforma com competência técnica que represente os anseios do povo.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.