Prefeitura de Raposa reúne donos de bares, casas de shows e Polícia Militar para tratar sobre medidas para enfrentamento do coronavírus

Fonte: Prefeitura de Raposa

A Prefeitura de Raposa reuniu proprietários de bares e casas de shows da cidade para tratar sobre medidas sanitárias necessárias ao enfretamento da pandemia do coronavírus, e discutir as regras de funcionamento. O encontro aconteceu nesta quarta-feira (27), na Escola Santo Antônio.

Além dos proprietários, estiveram presentes o secretário de Cultura, Pereira Filho, e adjunta, Rose; o secretário de Comunicação e Assuntos Metropolitanos, Udes Filho; o vice-prefeito e secretário de Meio Ambiente, Márcio Greik; a secretária de Saúde, Lúcia Carvalho e equipe da pasta; Major PM Edhyelem, Capitão PM Araújo; o secretário adjunto de Turismo, Edson e o Procurador Municipal Clodoaldo Gomes.

Durante a reunião, as autoridades solicitaram aos presentes que cumpram rigorosamente as normas estipuladas no decreto estadual e municipal. Pelas regras, está decretada a suspensão e proibição de festas em ambientes públicos e privado no período de Carnaval. Nesse período os bares podem continuar abertos, porém em som ambiente, respeitando o distanciamento social e exigindo o uso de máscara e álcool em gel.

No decreto municipal está proibido, no prazo de 21 dias, a realização de shows, festas e assimilares que causam aglomeração de público superior a 150 pessoas. Os eventos privados que comportem até 150 pessoas são permitidos, no entanto é de suma importância que o responsável esteja com as devidas autorizações e licenças para realizar o evento. Em caso de descumprimento das medidas protetivas, o estabelecimento poderá ser multado no valor de R$ 500 a R$2 mil, por cada infração.

Airton da Silva, que é proprietário de um Roots Bar, diz que a reunião foi muito esclarecedora. “Não é só porque eu sou dono de bar que estou preocupado só em ganhar dinheiro, tenho que me preocupar com a minha família e meus clientes, e percebi que o poder público não quer parar o nosso trabalho, mas busca nos orientar para que a gente trabalhe direitinho e com segurança”.

Cleomar de Sousa, dona do Bar Marujo, também julgou positivo o encontro, tirando todas as suas dúvidas.

No final da reunião, o procurador municipal reafirmou que o encontro foi bom e que foi uma forma de conscientizar os donos de bares e restaurantes em relação às restrições impostas.

“Nós da gestão pública municipal, assim como a Polícia Militar, estivemos aqui com os proprietários desses estabelecimentos pra conscientizá-los da necessidade de obedecer às medidas que são elencas ao decreto estadual. E conversando com os presentes, após a reunião, percebi que eles ficaram satisfeitos, saíram com as informações corretas e foram sanadas todas as dúvidas que eles tinham”, afirmou.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.