Prefeito Eduardo Braide participa de entrega de cestas do Programa Alimenta Brasil

Cerca de 300 famílias que moram no bairro Santa Cruz e adjacências receberam cestas de alimentos provenientes do programa Alimenta Brasil, do Governo Federal e executado pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa), com apoio da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas). A entrega, que contou com a presença do prefeito Eduardo Braide, ocorreu na tarde desta terça-feira (16), no Campo do Santa Cruz.

“Este é o primeiro passo da entrega de mais de 100 mil cestas que vamos fazer em São Luís este ano. Todo este alimento foi produzido aqui, na nossa Zona Rural, o que é muito importante. Assim, de um lado estimulamos a geração de emprego e renda por meio da produção de alimentos, com 800 agricultores familiares que estão recebendo recursos do programa Alimenta Brasil para que esses alimentos possam chegar à mesa de quem mais precisa. De outro, famílias em situação de vulnerabilidade serão beneficiadas com estes alimentos. Desta forma, podemos garantir a segurança alimentar da população de São Luís”, disse o prefeito Eduardo Braide que estava acompanhado da vereadora Karla Sarney (PSD), da secretária da Semsa, Nirvana Anchieta e da secretária em exercício da Semcas, Ana Carla Furtado.

As cestas entregues foram compostas por frango, frutas, verduras, legumes, polpas, farinha, mel, ovos, entre outros alimentos. Ao todo, estas entregas alcançarão mais de 100 mil famílias em situação de vulnerabilidade alimentar, inscritas no CadÚnico, sob a coordenação local da Semcas. Os alimentos são provenientes da agricultura familiar rural de São Luís.

Para a aposentada Antonia Araújo, a cesta recebida vai melhorar a alimentação da família. “Veio em boa hora, pois sou aposentada, mas pago um empréstimo, tenho de comprar meus remédios e esta cesta é muito importante. Chegando em casa, guardo tudo na geladeira e dá para comer uns dias”, destacou a idosa.

A titular da Semsa, Nirvana Anchieta, observa que a Prefeitura de São Luís tem papel primordial no combate à fome. “O prefeito Eduardo Braide tem colocado como uma de suas prioridades a manutenção da segurança alimentar e nós da Semsa estamos trabalhando para levarmos a estas famílias em situação de vulnerabilidade o alimento para sua mesa. E hoje temos a alegria de dizer que incluímos na cesta duas proteínas, o frango e o ovo”, disse a secretária.

“Esta cesta será muito bem-vinda, afinal, os alimentos estão caros e somos privilegiados por poder receber esta cesta da Prefeitura de São Luís”, falou Raimunda Magalhães, moradora da Vila Palmeira. O mesmo sentimento é compartilhado por sua amiga, Raimunda Santos. “São cinco pessoas na minha casa e, como as coisas estão caras, estes alimentos ajudam muito a gente”, disse.     

A secretária em exercício da Semcas, Ana Carla Furtado, explica que as famílias contempladas são atendidas pelos Centros de Referência de Assistência Social (Cras). “Para nós, este programa tem um grande significado porque alimento é vida e o compromisso dos Cras é também trabalhar pela segurança alimentar dos usuários, por isso hoje é um grande dia”, pontuou.

Programa

O programa Alimenta Brasil é destinado à aquisição de alimentos em uma escala mais ampla, contribuindo ativamente com agricultores familiares, extrativistas, povos indígenas e demais coletivos. A ação promove o acesso à alimentação e incentiva a agricultura familiar visto que o programa compra alimentos produzidos pela agricultura familiar, com dispensa de licitação, e os destina a pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional, atendidos pela rede socioassistencial, pelos equipamentos públicos de segurança alimentar e nutricional e pela rede pública e filantrópica de ensino também são contemplados.

O Alimenta Brasil promove ainda o abastecimento alimentar por meio de compras governamentais de alimentos; fortalece circuitos locais e regionais e redes de comercialização; valoriza a biodiversidade e a produção orgânica e agroecológica de alimentos; incentiva hábitos alimentares saudáveis e estimula o cooperativismo e o associativismo.

O orçamento do programa Alimenta Brasil é composto por recursos dos ministérios da Cidadania, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e demais órgãos públicos que façam uso da modalidade Compra Institucional.

A execução do programa pode ser feita por meio de cinco modalidades: Compra com Doação Simultânea, Compra Direta, Incentivo à Produção e ao Consumo de Leite, Apoio à Formação de Estoques e Compra Institucional (essas duas últimas coordenadas pelo Ministério da Agricultura).

O programa, regulamentado pelo Decreto Nº 10.880, de 2 de dezembro de 2021, é executado por estados, Distrito Federal e municípios, em parceria com o Ministério da Cidadania e pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.