Preço dos imóveis no Rio cai pela primeira vez desde 2008

O preço médio do metro quadrado dos imóveis no Rio de Janeiro registrou em maio a primeira queda mensal desde o início da série histórica do Índice Fipe  Zap, um dos principais indicadores da flutuação de preços do mercado imobiliário brasileiro, que começou a ser calculado em janeiro de 2008. No mês passado, o custo do metro quadrado na cidade caiu 0,11% com relação a abril.

Os preços do metro quadrado dos imóveis já haviam ficado praticamente estáveis em abril, com leve alta de 0,04%. No acumulado de 2015, os preços na cidade subiram 0,57% e, nos últimos 12 meses, aumentaram 3,27%.

No entanto, a cidade continua com o metro quadrado mais caro entre as 20 cidades pesquisadas pelo FipeZap, de 10.642 reais, seguida por São Paulo, com valor médio de 8.585 reais.

Já o preço médio do metro quadrado mais barato é registrado em Contagem (3.541 reais) e Goiânia (4.161 reais).

O preço médio do metro quadrado dos imóveis no Brasil subiu apenas 1,25% desde o início do ano. A alta é inferior ao rendimento da poupança no período, de 2,36%, segundo dados do Banco Central.

A valorização dos imóveis também fica abaixo da inflação medida pelo IPCA, que segundo estimativa do IBGE, deve aumentar 5,14% de janeiro a maio desse ano.

Como resultado, o preço médio dos imóveis anunciados para venda nas 20 cidades que compõem o índice apresenta queda real de 3,70% nos cinco primeiros meses do ano.

A queda real acontece quando a alta no preço médio de um determinado bem é inferior à alta generalizada de preços, medida por índices inflacionários, como oIPCA.

No acumulado de 2015, as 20 cidades do índice registraram variações menores do que a inflação. Niterói, Brasília e Curitiba tiveram queda nos preços nos primeiros cinco meses do ano.

O índice mostra também que nos últimos 12 meses encerrados em maio os preços subiram 4,91%, abaixo do IPCA esperado para o período, de 8,27%. De acordo com o FipeZap, maio é o quinto mês consecutivo que apresenta queda real de preços em 12 meses.

Pela sétima vez seguida o índice também apresenta queda real na variação de preços mensal. Enquanto o metro quadrado subiu 0,16% em maio, a expectativa do IPCA para o mês é de alta de 0,55%.

Veja, na tabela a seguir, a variação dos preços dos imóveis à venda nas 20 cidadesacompanhadas pelo FipeZap. A lista foi ordenada de acordo com a variação em maio.

Região Variação mensal maio/15 Variação mensal abril/15 Variação em 2015 (acumulada no ano) Variação anual (últimos 12 meses)
Florianópolis 1,76% 1,04% 4,39% 5,81%
Vitória 0,80% -0,27% 3,27% 10,75%
Contagem 0,72% 1,11% 3,59% 6,18%
Porto Alegre 0,70% 0,72% 1,60% 7,46%
Fortaleza 0,69% 1,62% 3,24% 5,99%
Santos 0,59% 0,67% 2,11% 6,06%
Santo André 0,47% 0,84% 2,00% 6,80%
Curitiba 0,38% 0,21% -0,62% 2,01%
Vila Velha 0,37% 0,82% 2,52% 7,27%
São Paulo 0,17% 0,38% 2,10% 5,79%
Salvador 0,17% 0,91% 1,53% 5,20%
Índice FipeZap Ampliado (20 cidades) 0,16% 0,39% 1,25% 4,91%
Goiânia 0,15% 0,93% 1,41% 8,77%
Belo Horizonte 0,13% 0,44% 1,28% 7,79%
Recife 0,10% 0,34% 0,33% 3,57%
São Caetano do Sul 0,09% 0,27% 1,08% 4,37%
Brasília -0,04% -0,09% -1,24% -1,16%
São Bernardo do Campo -0,05% 0,80% 2,00% 7,05%
Rio de Janeiro -0,11% 0,04% 0,57% 3,27%
Niterói -0,22% 0,07% -1,99% 2,80%
Campinas -0,65% 1,03% 1,91% 7,82

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.