Preso um dos acusados de assassinar gerente de loja em São Luis

 A Polícia Civil prendeu, nesta quinta-feira (17), um dos envolvidos na morte de Floriza de Jesus Sá Ferreira, 28 anos, que foi baleada na cabeça no dia 4 de setembro deste ano, durante um assalto à loja na qual ela trabalhava como gerente. Janilson Serra Leite, 29 anos, foi preso em sua casa no bairro do Bom Jesus, em São Luís. Ele é apontado como responsável por dar fuga ao assaltante que atirou na cabeça da gerente. Segundo informações do delegado Cláudio Mendes, titular da Delegacia de Roubos e Furtos, a polícia chegou até o suspeito, após analisar as imagens das câmeras de segurança nas proximidades da loja em que Floriza trabalhava. Nas gravações, foi possível ver que o autor do disparo fugiu com outro homem em uma motocicleta. Além disso, a polícia conseguiu monitorar o celular da vítima, encontrando o aparelho nas mãos de uma pessoa, que afirmou ter recebido o objeto de Janilson, como pagamento de uma dívida. “Nós nos deslocamos à casa do Janilson, conhecido por ‘Bola’, que possui até um comércio que vende farinha, no bairro do Bom Jesus. Quando o vimos, logo reconhecemos ele como sendo o indivíduo que pilotava a moto no dia do crime. Quando falamos isso pra ele, ele foi logo confessando e disse que foi obrigado a cometer o crime, a levar o indivíduo que executou o assalto. Claro que não acreditamos nessa história”, explicou o delegado Cláudio Mendes, em entrevista à rádio Mirante AM. Ainda segundo o titular da Delegacia de Roubos e Furtos, Janilson conhecia Floriza, pois trabalhou com ela na loja entre os meses de outubro e dezembro do ano passado, como fiscal do estabelecimento. “Ele conhecia a vítima e conhecia toda a movimentação da loja. Ele passou toda a ‘fita’ pro criminoso que cometeu o assalto. O horário certo que teria o dinheiro acumulado e tudo mais. Na delegacia, ele confessou toda a dinâmica do crime, disse quantas vezes eles passaram em frente à loja, como foi divido o dinheiro e, principalmente, quem efetuou o disparo. Mas, infelizmente ele sabe apenas o apelido que é ‘Buchudo’, aquele que aparece nas imagens e efetuou o disparo que matou a Floriza”, esclareceu o delegado. Ainda de acordo com Cláudio Mendes, a polícia chegou a ir à casa do outro suspeito, que também mora no Bom Jesus em uma casa alugada, mas ele conseguiu fugir. Agora, a polícia vai pedir à Justiça que decrete a prisão preventiva de Janilson e de “Buchudo” que está foragido. Além disso, o delegado pede que a população

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.