Polícia prende no Maranhão PM suspeito por receptação de carro roubado

A Polícia prendeu na quarta-feira (25) no bairro Mutirão, no município de Caxias, a 360 km de São Luís, o policial militar aposentado com patente de sargento, Elias de Araújo de Jesus. Ele é suspeito de ter receptado um carro roubado em Teresina, no estado do Piauí.

Segundo o delegado Leonam Casemiro, que investiga o caso, o carro roubado pertence a um motorista que atende por meio de aplicativo de celular. Ele diz que a ação criminosa aconteceu logo após os suspeitos terem entrado no veículo que o motorista dirigia.

“Foi acionado pelo aplicativo e assim que os três indivíduos entraram no veículo anunciaram o assalto. Tiraram o motorista da direção do veículo. Amarraram o motorista com cadarço de sapato, colocaram ele no piso e logo em seguida ao roubo eles se deslocaram para a região aqui de Caxias”, contou o delegado.

O delegado acrescentou que com a ajuda de um aparelho localizador instalado no carro a vítima conseguiu acompanhar todo o trajeto feito pelos bandidos até a casa do policial militar, onde o veículo ficou escondido. “Foi indagado a ele se existia algum carro no interior da residência dele. Ele num primeiro momento negou que existia um veículo, que existia apenas o dele, mas os policiais subiram no muro e observaram que além do veículo dele tinha o veículo que foi objeto do roubo em Teresina”.

Além do sargento, estavam na casa Wemerson Barros, sobrinho do militar aposentado, e Ana Lúcia Pereira, namorada de Wemerson. Eles foram reconhecidos pela vítima como sendo os assaltantes. O terceiro assaltante que foi identificado como Lennon Araújo está foragido e é filho do PM.

As investigações do assalto serão feitas pela Polícia Civil do Piauí. Elias de Araújo de Jesus foi autuado em Caxias por receptação.

Elias de Araújo de Jesus é policial militar aposentado com patente de sargento (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Elias de Araújo de Jesus é policial militar aposentado com patente de sargento (Foto: Reprodução/TV Mirante). FONTE G1

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.