Polícia fecha ‘laboratório’ que falsificava bebidas alcoólicas em Ribeirão Preto

Mil garrafas, 600 litros de substâncias sem procedência, além de rótulos conhecidos de whisky, vodca e rum, foram encontrados na zona norte.

A Polícia Militar apreendeu na terça-feira (21) cerca de mil garrafas e pelo menos 600 litros de bebidas alcoólicas sem procedência em uma casa na zona norte de Ribeirão Preto (SP) apontada como um laboratório de falsificação.

Também foram encontrados rótulos de marcas de whisky, vodca e rum. A suspeita é de que as bebidas seriam comercializadas em festas promovidas na cidade. Ninguém foi preso.

“Era uma pequena fábrica em que eles faziam o engarrafamento dessas bebidas falsas. O pessoal acabava consumindo e achava que era uma bebida original”, afirmou o soldado da PM, Leonardo Vivo.

As denúncias levaram os policiais até um imóvel na Rua Paranaguá, no bairro Ipiranga, por volta das 12h45. No local, nenhum morador foi encontrado, segundo Vivo, mas foi identificada uma área improvisada para engarrafar as substâncias suspeitas em garrafas de marcas conhecidas.

PM apreendeu bebidas sem procedência em casa apontada como laboratório de falsificação em Ribeirão Preto, Sp (Foto: Reprodução/EPTV)

PM apreendeu bebidas sem procedência em casa apontada como laboratório de falsificação em Ribeirão Preto, Sp (Foto: Reprodução/EPTV)

“Por meio de denúncias chegamos a essa casa no Ipiranga, onde não havia ninguém. Feitas as diligências encontramos certa quantidade de garrafas vazias e cheias, e galões com que faziam o engarrafamento dessas bebidas clandestinas”, explicou.

Além das garrafas, galões, tubos e rótulos, também foram encontradas caixas de papelão para o embalo das mercadorias e documentos de um homem que, segundo apurou a PM na vizinhança, pertencem ao morador da casa.

Segundo a PM, pelo menos 600 litros estavam prontos para serem engarrafados. O material foi apreendido e levado para a perícia, mas ninguem foi preso. O caso será investigado pela Polícia Civil.

FONTE: G1

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.