Polícia encontra mais de 200 documentos roubados do Detran do Ma e Piaui

A Polícia Civil do Piauí divulgou em coletiva nesta terça-feira (30) o resultado da operação Adulteração que prendeu até o meio-dia onze pessoas sob suspeita de envolvimento em uma rede criminosa que alterava veículos e falsificava documentos no Piauí, Maranhão, Pará e Minas Gerais. Também foram apreendidos doze veículos. Ao todo foram cumpridos oito mandados de prisão e mais três pessoas presas em flagrante, sendo sete em Teresina, duas em Parnaíba e duas em Timon. A investigação iniciou há mais de um ano.
Durante coletiva, realizada na sede no auditório da Academia de Polícia Civil (Acadepol), a Polícia Civil informou que está investigando se a quadrilha teria envolvimento com o roubo de mais de mil documentos do posto do Detran, localizado na região do Grande Dirceu, no ano passado. À época foram levadas Certidões de Registro de Veículo e Licenciamento (CRVL) e Certidões de Registro de Veículos (CRV) que estavam nas impressoras da unidade. A quadrilha estaria utilizando estes formulários originais com dados falsos.
Um dos onze veículos apreendidos havia sido roubado do filho do ex-vereador Olésio Coutinho em Teresina há cerca de dois meses e estava com placa falsa de São Luís (MA). Da mesma forma, existem carros originários do Piauí que estão com placas como do Distrito Federal e do Ceará. Todos os automóveis estão avaliados em mais de R$ 100 mil. O carro mais luxuoso foi encontrado em Brasília.

ArAWwMdCsVoWAWkzzYAKQ5J7j7B8-X5XjYyc_knC0K3WAg11jqx_KfGdgQFJjIxo8lU87vGcdK56WgAoQBGOtHft

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.