Polícia começa a ouvir testemunhas da morte de professor em Imperatriz

Continuam as investigações para apurar a morte do professor assassinado na porta de casa na última quarta-feira (10), emImperatriz. As primeiras testemunhas do caso começam a ser ouvidas nesta sexta-feira (12).

iron

Parentes próximos, amigos e a esposa do professor assassinado devem ser os primeiros a serem ouvidos. Os depoimentos só não foram tomados antes por causa da forte emoção que tomou conta das pessoas mais próximas à vítima, após o crime brutal.

Iron Vasconcelos voltava de motocicleta, na companhia da esposa, de um show realizado na Exposição Agropecuária de Imperatriz (Expoimp), na última quarta-feira (10), quando foi abordado por dois homens, em uma motocicleta de cor preta, que se aproximaram do casal e efetuaram vários disparos contra o rapaz. Quatros tiros acertaram as costas do professor. Ele tentou correr, mas caiu, e os assassinos efetuaram, ainda, mais dois tiros na cabeça da vítima.

De acordo com o  delegado Regional de Imperatriz, Assis Ramos, que as investigações são sigilosas, já que são muitas as vertentes que terão que ser investigadas. Por enquanto, a possibilidade de crime de encomenda é a linha mais forte, embora a polícia não descarte outras vertentes como vingança e até mesmo a possibilidade de ele ter sido confundido com outra pessoa.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.