Plano mais IDH avança e melhora vida de agricultores familiares

“Antigamente, minha vida era muito difícil. Tinha a terra, mas não tinha condição para plantar, aí apareceu o Plano Mais IDH e com o fomento de R$ 2.700,00, nós investimos em produção. Semana passada eu vendi para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) duas toneladas e meia de melancia, que me rendeu cinco mil reais. Hoje digo com orgulho que minha vida mudou, graças ao governo do Estado do Maranhão, obrigado governador!”, emocionado declarou seu Francisco das Chagas Aguiar, de 49 anos, morador do povoado Loloia do município de Afonso Cunha.

Seu Francisco e sua esposa dona Antônia Lucia tem seis filhos e vivem da agricultura familiar. Seu Francisco contou que quando recebeu a visita do técnico do Mais IDH para explicar o Programa, que está beneficiando 2.844 famílias de 30 municípios de Menor IDH, ficou extremamente feliz. Iniciou plantando hortaliças e banana e vendeu para o PAA. “Com o dinheiro da venda das bananas e hortaliças eu aluguei uma máquina para limpar minha área de um hectare, e comecei a plantar melancia com a orientação do técnico. Minha previsão é colher quatro toneladas de melancia e com dinheiro construir uma casa maior pra minha família”, concluiu.

Antônio Alves técnico que acompanha e presta assistência técnica para seu Francisco e mais 85 famílias do município de Afonso Cunha, disse que quando seu Francisco limpou a área queria plantar banana. Mas o técnico o orientou a plantar melancia por ter o ciclo curto. “Vendo a felicidade e o sorriso de seu Francisco, fico muito contente porque minha orientação está fazendo a diferença na vida e na família dele. O orientei a plantar melancia por ter ciclo de produção de 70 dias, além disso, estávamos no período chuvoso, ele aceitou e hoje colhe o resultado com muita alegria”, explicou.

“Me sinto feliz e orgulhoso na perspectiva de que vamos alcançando grandes resultados. O trabalho está sendo feito com muito amor e dedicação e nós vemos a importância do Plano quando olhamos o brilho nos olhos de cada pessoa beneficiada e que acredita que agora são capazes de superar a fome e a miséria”, afirmou o secretário Adelmo Soares, secretário de Estado da Agricultura Familiar. Além disso, o secretário disse que é prioridade do Governo do Estado aliar conhecimento e produção.

O presidente da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Agerp), órgão vinculado à SAF, Júlio César Mendonça, informou que o Governo do Estado por meio do Sistema SAF, irá beneficiar as famílias do Mais IDH, com a entrega de kits de feiras, no âmbito dos programas ‘Mais Renda’ e ‘Mais Produção’. O kit feira é composto por: barracas, balanças, caixas plásticas, gaiolas, caixas de isopor, jalecos, bonés, camisas, além de seminários e cursos sobre comercialização. Três municípios do Plano já estão comercializando o excedente da produção nos municípios de Governador Newton Bello, Santa Filomena e Cajari.

FONTE: GOVERNO DO ESTADO

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.