Pequenos empreendedores têm expectativa com o novo Cais de São José de Ribamar

O novo cartão postal de São José de Ribamar foi recebido com grande expectativa pela comunidade de São José de Ribamar. A obra, realizada pelo Governo do Maranhão, por meio Empresa de Maranhense de Administração Portuária (Emap), devolveu ao povo ribamarense um espaço de lazer e fomento da economia local representada pela movimentação de pequenas embarcações que operam no cais. Mas para além da indústria do turismo, o novo Cais de Ribamar trouxe grande expectativa para os pequenos empreendedores, que logo no primeiro dia foram ver de perto como ficou.

“Ficou maravilhoso e agora o pessoal vai procurar frequentar e ver que a cidade balneária tem um local muito desenvolvido”. Ronaldo Adriano Pereira Ferreira, 37, pipoqueiro. (Foto: Gilson Teixeira/Secap)

“Ficou maravilhoso e agora o pessoal vai procurar frequentar e ver que a cidade balneária tem um local muito desenvolvido”. Ronaldo Adriano Pereira Ferreira. (Foto: Gilson Teixeira/Secap)

 

Jorge Luís, 49, que guia sua bike lanches pela cidade, diz acreditar que seus negócios vão melhorar muito a partir de agora. “Vai ter muito mais turista aqui todo tempo e as vendas também vão aumentar”, disse. “Para nossa cidade é uma grande melhoria, mais um ponto turístico que ficou muito bonito”, completou.

Para o Reginaldo Enésio Ewerton, 51, vendedor do tradicional sorvete de coco na casquinha, o novo cais traz mais importância ao povo de Ribamar porque ficou muito bom. “Os turistas e as pessoas da cidade vão ficar curiosos para visitar e ver como ficou e assim eu vou vender muito mais”, comentou.

O pipoqueiro Ronaldo Adriano Pereira Ferreira, 37, foi um dos que primeiro chegaram para a festa de inauguração. Ele, que se diz dono da melhor pipoca do Maranhão, consumida por celebridades, também aposta no grande número de pessoas que agora terão um novo ponto de encontro na cidade. “Com certeza muita gente vai ter o prazer de conhecer também a pipoca do Ronaldo Adriano”, afirma.

“Prestei atenção que antigamente os barcos de pesca tinham muita dificuldade de atracar aqui e agora ficou bem mais fácil e seguro”. Cássia Cristina, 23, aluna do Estaleiro Escola. (Foto: Gilson Teixeira/Secap)

“Prestei atenção que antigamente os barcos de pesca tinham muita dificuldade de atracar aqui e agora ficou bem mais fácil e seguro”. Cássia Cristina. (Foto: Gilson Teixeira/Secap)

Enquanto limpava a rua que dá acesso ao cais, seu Raimundo Hélio aproveitou para olhar de perto o resultado da obra. Frequentador do local muito antes da revitalização, ele acompanhou o antes e depois tanto nos momentos de trabalho, como gari, quanto nas horas de folga. “Eu venho muito aqui para pescar e agora ficou muito melhor, com mais segurança. Tem o corrimão, que não tinha. Até os peixes vão gostar desse novo cais”, contou.

A turma do curso técnico em Logística Portuária do Estaleiro Escola compareceu inteira à inauguração e ficaram de olho em cada detalhe. A aluna Cássia Cristina, 23, olhou tudo atentamente. “Muito interessante, amplo, vai facilitar bastante a vida na cidade. Para nós que estamos começando agora, tudo o que se refere à área portuária e de embarcações é importante e abre novos horizontes para o campo de trabalho”, comentou.

 

Frases:

  • “Perto do que era antigamente ficou cem por cento melhor e só tem a engrandecer a nossa comunidade”. Jorge Luís, 49, bike lanche.
  • “Ficou maravilhoso e agora o pessoal vai procurar frequentar e ver que a cidade balneária tem um local muito desenvolvido”. Ronaldo Adriano Pereira Ferreira, 37, pipoqueiro.
  • “Ficou muito bonito e vai trazer muita alegria para o povo de Ribamar. O cais tava se acabando e agora ficou muito bonito mesmo”. Raimundo Hélio da Conceição Ferreira, 54, gari.
  • “Prestei atenção que antigamente os barcos de pesca tinham muita dificuldade de atracar aqui e agora ficou bem mais fácil e seguro”. Cássia Cristina, 23, aluna do Estaleiro Escola.

 

FONTE: GOVERNO DO ESTADO

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.