Pastor beija pés de gay umbandistas no Rio

lavando-os-pésUma equipe jornalística foi até uma igreja para fazer um documentário sobre intolerância religiosa com a proposta de coexistência harmoniosa com qualquer religião ou segmento social justamente num momento em que o país parece viver o limiar de uma guerra nada santa, protagonizada por grupos evangélicos extremistas.

O pastor da igreja Reina do Engenho Novo, no Rio de Janeiro, considerou que esta poderia ser uma oportunidade de ouro para mostrar o outro lado. Nem todos pautam seu discurso no ódio, no preconceito, num moralismo radical.

“Sempre ouvi que em se tratando de TV, uma imagem fala mais do que mil palavras. Senti-me impulsionado a fazer algo que talvez pudesse despertar a consciência de muitos quanto à necessidade de se resgatar a mensagem central do evangelho: o amor”, declarou.

Ele convidou algumas pessoas para que representassem segmentos sociais que têm sido vítimas de intolerância, não apenas por parte das igrejas, mas também por parte da própria sociedade.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.