Parceria entre Governo e Vale garante unidade do IEMA na área Itaqui-Bacanga em 2018

A área do Itaqui-Bacanga vai receber uma unidade plena do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia (IEMA), fruto da parceria entre o Governo do Estado e a Vale. O governador Flávio Dino e o diretor de operações da empresa no Maranhão e no Pará, Antônio Padovezi, assinaram protocolo de intenções em solenidade realizada no Palácio dos Leões, nesta terça-feira (19). O Instituto já começa a funcionar no início do próximo ano e vai atender jovens da região, o que abrange cerca de 250 mil pessoas.

Com a instalação da nova unidade, o Governo continua com os investimentos para a formação e profissionalização da juventude, e, ao mesmo tempo, auxilia as famílias da região com oportunidades de emprego e renda, já que serão abertos postos de trabalho no próprio Instituto. A unidade do IEMA do Itaqui-Bacanga terá sua vocação voltada para o setor industrial, tendo em vista a Vale, as empresas ao entorno e a influência do Porto do Itaqui. A escola também será voltada para o setor de serviço, atendendo à demanda local.

O governador Flávio Dino destacou que a implantação de mais uma unidade plena do IEMA representa a concretização da política do Governo do Estado de afirmar um modelo de escola em tempo integral e profissionalizante que está se afirmando internacional e nacionalmente como o mais apto a propiciar e garantir a melhor educação aos jovens. “O IEMA é um caminho de múltiplas metas. Saímos de zero, em 2014, e estamos avançando para termos mais de 30 escolas em tempo integral no Maranhão. Uma conquista”, pontuou o governador.

Flávio Dino fez questão de frisar que a comunidade da região Itaqui-Bacanga vai participar do projeto, por meio da escolha democrática dos cursos que serão oferecidos pela unidade. “Nós acreditamos que os investimentos públicos são fundamentais, porém, eles não são os únicos. As parcerias privadas também são essenciais para que as boas ideias floresçam. E o IEMA é uma ótima ideia, extraordinária. Quem vai a essas escolas se comove e se motiva. E vamos fazer florescer esse sinal de esperança na área Itaqui-Bacanga”, reiterou o governador.

O diretor de operações da Vale enfatizou que é com muita alegria que a empresa firma esse protocolo uma vez que ter um instituto como o IEMA implantado no Itaqui-Bacanga concretiza a proposta de oferecer oportunidades e, ao mesmo tempo, contribui para a geração de renda das famílias e apara o desenvolvimento territorial.

“O IEMA já tem uma proposta educacional sólida, e resultados reconhecidos na formação de jovens. Por isso temos a certeza que essa será uma parceria de sucesso para toda a comunidade Itaqui-Bacanga. Por isso seguimos investindo em projetos que tenham esse potencial e que crie cenários promissores que coloquem a melhoria da qualidade de vida dos maranhenses. Bons parceiros com bons projetos a gente atinge excelentes resultados. Aqui se concretiza mais uma vez”, realçou o diretor Antônio Padovezi.

Aprovado pela comunidade

Para o presidente da Associação Comunitária do Itaqui-Bacanga (Acib), Ivan Júnior, a comunidade da região recebe, com muita alegria, mais um aparelho do Governo do Estado na área, que vem acompanhando, nos últimos anos, o processo de valorização com equipamentos semelhantes. “A gente acompanha aqui e vemos que as escolas da nossa região vêm ganhando reformas, melhorias, ar-condicionado nas salas, que antes era uma utopia, e hoje para nossa comunidade é uma realidade. E o IEMA fecha com chave de ouro esse processo de valorização da comunidade e da juventude e, sobretudo, o processo de emancipação da nossa comunidade”, relatou.

O IEMA do Itaqui-Bacanga funcionará no antigo prédio do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), na Vila Embratel, e será completamente adaptado para receber os alunos com o mesmo padrão de excelência das outras unidades do Maranhão.

De acordo com o reitor do IEMA, Jhonatan Almada, já está incluído no planejamento do IEMA para 2018 a inauguração desta unidade no Itaqui-Bacanga e sendo adotadas as providências necessárias ligadas ao mobiliário, equipamentos, seleção de professores, de gestores, audiência pública para definição dos cursos, que deverá acontecer em outubro e já em novembro será aberto o edital para a inscrição dos alunos. “Em relação ao prédio, vamos agendar quando já podemos entrar e iremos fazer melhorias do ponto de vista da divisão de salas, adaptação para refeitório e, futuramente, a quadra poliesportiva. Mas ele já está hoje em plenas condições de funcionar”, garantiu Jhonatan Almada.

Também participaram da solenidade de assinatura da parceria entre o Governo do Estado e a Vale, o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Davi Telles; os deputados estaduais Bira do Pindaré e Rafael Leitoa, além de diretores da empresa e associações de moradores de bairros da área Itaqui-Bacanga.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  1. Fonte: governo do estado

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.