Padrasto torturava criança com fio de cobre

 O padrasto da vítima confessou as agressões e ainda afirmou que só parou de bater no enteado porque ficou cansado.As marcas de agressão estão bem fortes nas costas do menino. A região atingida ficou vermelha e inchada.A surra que o menino levou foi dada com fios de cobre, como se fossem um chicote. As chibatadas chegaram a atingir a região do olho da criança.O suspeito de ter espancado o menino é o namorado da mãe dele. O homem tem 24 anos. Ele não quis falar com a imprensa, mas confessou o crime à polícia e disse que agiu desta forma porque o garoto o desobedecia.O homem ainda disse que só parou de bater no menino porque havia ficado cansado. Segundo a polícia, durante as surras, o suspeito amarrava as pernas do garoto.De acordo com o delegado Lorenzo Pazolini, o menino era constantemente agredido com fios de cobre, cabos elétricos e chineladas. As agressões teriam começado há cerca de seis meses.O suspeito foi preso na casa dele. A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente vai investigar se a mãe da criança era conivente com as agressões ou se era ameaçada pelo namorado.A denúncia foi feita pela escola do menino, que procurou o Conselho Tutelar. O suspeito foi indiciado por tortura e pode pegar até oito anos de prisão.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.