Município de Alcântara está com Epidemia de Leishmaniose

Uma denúncia grave feita por um Agente de Saúde do município de Alcântara chama a atenção das autoridades de saúde do Estado sobre uma epidemia que se instalou no município com mais de 100 casos de suspeita de Leishmaniose entre sede e zona rural.

Até o presente momento, a Secretaria Municipal de Saúde de Alcântara, que tem com gestor o senhor Fábio Higino Ferreira dos Santos, não tomou nenhuma providência sobre alertar a população, e muito menos o todo enrolado prefeito Domingos Araken (PT).

O material de coleta que deveria ser comprado pelo município, a construção de um necrópsico canino, o sacrifício dos cães infectados e o trabalho de dedetização entre outros fatores, nada foi feito até agora e a população de Alcântara corre sério risco de uma epidemia generalizada.

Os povoados identificados até o momento com infectados pela doença sã: Oitiua, Manival, Paquatiua e Cajueiro. Na sede do município foram encontrados doentes na Rua das mangueiras (Bairro mercês), Rua das Flores, Rua Barão de Pindaré, bairros Mangueiral, Cocó da Ema, Vila Airton, Rua da Granja, Rua da Mirititiua, Monte Sinai e Rua Nova.

Mais de 50 casos comprovados, sendo a maioria de Leishmaniose cutânea, mas já existem casos da visceral. No hospital já tem dezenas aguardando a medicação que está em falta e o secretário de saúde não dá uma explicação sequer.

OPINIÃO DO EDITOR

Será que se fosse alguém da família do nobre prefeito Domingos Araken que estivesse com essa doença maldita, estaria faltando remédio no hospital? É claro que não. O senhor prefeito das ilusões midiáticas que mentiu descaradamente ao povo de Alcântara, enganou as famílias daquele município, deveria no mínimo criar vergonha na cara e honrar as calças que veste. O que me parece, é que seu Araken encontrou a prefeitura para brincar de casinha com seus amiguinhos e, fazer pirraça para um povo humilde e trabalhador que confiou nas balelas espalhadas em 2012. Isso que está acontecendo em Alcântara é desumano, é um crime contra uma sociedade que clama por saúde, educação, infraestrutura e saneamento básico. Abandou o hospital e ainda entregou a secretária nas mãos de pessoas sem o mínimo de senso. Desafia o povo como se fosse dono do poder. Em quem Araken confia tanto, para fazer do dinheiro público moeda de troca em Alcântara? É necessária uma providência do Estado e uma investigação da Polícia Federal, Urgente!

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.