Mulher é vítima de latrocínio dentro casa em Imperatriz

Mais um latrocínio, roubo seguido de morte, foi registrado em Imperatriz, esta semana. A vítima foi Edileusa Silva de Sousa, 58 anos, assassinada a tiros na noite dessa terça-feira (10), dentro da sua própria casa, localizada na Vila Redenção 2.

De acordo com informações policiais, elementos com fardamento escolar entraram na residência da vítima e anunciaram o assalto. Edileusa teria se negado a entregar o aparelho celular, e acabou sendo alvejada com um tiro no pescoço. Ela morreu na hora.

Os suspeitos, que chegaram na residência a pé, após cometer o latrocínio, fugiram levando o celular. A polícia foi acionada, mas até agora ninguém foi preso.

A brutalidade em que Edileusa Silva, que é casada, mãe de três filhos e avó, foi assassinada chocou os moradores do bairro. O corpo dela foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), para os procedimentos legais.

Cabe lembrar que este foi o segundo latrocínio registrado em Imperatriz só esta semana. A primeira vítima foi o pastor evangélico Jorge Magalhães, morto a paulada após reagir a um assalto, na madrugada de segunda-feira (9).

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.