Mulher é presa ao tentar fazer aborto no 8º mês de gravidez

Uma mulher de 34 anos foi presa pela Polícia Civil de Morrinhos, em Goiás, acusada de tentar realizar um aborto, já na 32ª semana de gestação, cerca de 6 semanas antes do estimado para se iniciar o trabalho de parto normal.

 A mulher procurou uma unidade de saúde de Morrinhos no ultimo sábado (15) com fortes dores abdominais. Os médicos então encontraram no canal vaginal da paciente comprimidos utilizados para abortar.

A mulher confessou que comprou os medicamentos clandestinamente em Goiânia, e pagou R$ 200 pelo abortivo. Ela mesma teria introduzido os comprimidos. Também disse que não imaginava que a gestação já estivesse tão avançada.

A equipe médica que atendeu a paciente no Hospital Municipal de Morrinhos conseguiu realizar o parto, e a recém-nascida, com 1,5 kg, foi encaminhada para o Hospital Materno-Infantil de Goiânia, onde permanece internada em estado regular.

A mulher foi autuada em flagrante, pagou fiança e foi solta para responder em liberdade. A Polícia Civil vai investigar quem vendeu os abortivos para a gestante.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.