Membro de gangue tem a cabeça esmaga por facção rival

Um homem de 22 anos identificado como Marcos de Matos Alexandrino, vulgo “Bodim” foi cruelmente assassinado no bairro da Olinda. O último homicídio ocorrido  naquele  bairro aconteceu no mês de setembro deste ano, ocasião em que dois indivíduos mataram a bala um homem identificado como José Adauto Rocha, de 43 anos, sendo os acusados preso pela Polícia Militar momentos depois.
Quanto ao homicídio ocorrido na manhã deste domingo, 18,  Bodim foi morto cruelmente a pedradas e teve a cabeça esmagada por membros  de facção rival.
Conforme informações colhidas pelo blog Camocim Polícia 24h junto à Polícia Militar, a vítima era envolvida no mundo do crime e integrava uma gangue naquele bairro, sendo que durante a manhã deste domingo duas dessas gangues entraram em confronto, culminando na morte bárbara do indivíduo Bodim. As cenas são chocantes. O sangue espirrou por cerca de quatro metros. Grande parte da massa cefálica da vítima foi posta pra fora por conta de tanta pedrada direcionada somente na cabeça.

Nos últimos meses, o Major Artunane Aguiar tem determinado que o policiamento intensificasse ainda mais o policiamento ostensivo e repressivo no bairro da Olinda, o que acontece é que quando esses elementos resolvem se matar não há que impeça.
Após ser comunicado sobre o sinistro, o comandante da companha determinou que todas as viaturas de serviço  (Força Tática, Ronda do Quarteirão, FTM e S.I) passassem a fazer diligências no sentido de localizar os autores do crime e cerca de uma hora depois uma patrulha do Ronda (Sds Freitas, Ernandes e Domingos) conseguiu capturar um dos envolvidos, um menor de 16 anos que há tempos vem aterrorizando o bairro da Olinda e que tem cerca de quatro apreensões sob a acusação de tráfico de drogas (sem contar outros atos infracionais) e acreditem, nunca passou sequer um dia internado em uma dessas instituições para menores apesar de ter sido apreendido várias vezes. Outro menor também suspeito foi apreendido e está sendo ouvido na DPC. Um indivíduo maior de idade que também teria participado do crime está sendo procurado e sua prisão será questão de tempo, disse um dos pm’s.

A perícia forense foi acionada e esteve no local realizando os procedimentos de praxe e conduziu o corpo da vítima ao IML de Sobral.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.