Médicos cubanos deixam atendimentos em postos de saúde em Codó

Os médicos cubanos do programa “Mais Médicos” deixaram a cidade de Codó, a 290 km de São Luís. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, agora são menos 12 médicos que atuavam no Serviço Municipal de Saúde, sendo que 11 deles pertenciam ao programa social.

A saída dos médicos resultou na redução de consultas nos postos de saúde e também nos atendimentos a domicílio que as equipes médicas realizavam. As famílias que utilizavam desse meio se sentem prejudicadas.

Como é o caso da dona de casa Maria Tereza, que afirma estar preocupada com o quadro de saúde da mãe que é hipertensa. “Ela tem problema de pressão alta, vive no hospital e agora com essa notícia, eu fico ainda mais preocupada. Sempre tinha as visitas domiciliares, isso ajudava muito, mas agora acabou”, contou.

Os postos com médicos brasileiros estão funcionando normalmente. Como é o caso do posto do bairro Nova Jerusalém e na Unidade Básica de Saúde, no bairro Codó Novo. Em outros bairros os pacientes começam a procurar por postos onde tenham acesso as consultas.

A Secretaria de Saúde do Município informou que está tentando contratar temporariamente seis médicos e que espera que o Governo Federal reponha outros seis profissionais por meio do programa “Mais Médicos”.

Saída dos médicos resultou na redução de consultas nos postos de saúde em Codó — Foto: Reprodução/TV Mirante

Saída dos médicos resultou na redução de consultas nos postos de saúde em Codó — Foto: Reprodução/TV Mirante

FONTE G1

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.