Médico é preso pela PF em operação contra desvio de recursos da saúde

O médico Plinio Medeiros Filho foi detido em Palmas na manhã desta quinta-feira (18) pela Polícia Federal. A prisão foi feita em cumprimento a um mandado de prisão temporária da operação Sermão aos Peixes, da PF do Maranhão. Mandados também estão sendo cumpridos em São Luís (MA), Imperatriz (MA), Parauapebas (PA), Palmas (TO), Brasília (DF) e Goiânia (GO).

O médico Plinio Medeiros está na sede da PF em Palmas prestando depoimento. O G1 entrou em contato com a defesa dele e aguarda um posicionamento.

A operação Sermão aos Peixes corresponde à 6ª fase da Operação Peixe de Tobias. Segundo a PF, as investigações são para apurar um desvio de aproximadamente R$ 2 milhões em recursos da saúde no maranhão entre os anos de 2011 e 2013.

Estão sendo cumpridos nesta quinta-feira (18) oito mandados de prisão e 19 de busca e apreensão. Além disso, foi determinado o bloqueio judicial e sequestro de bens da conta dos envolvidos em um valor que supera a cifra de R$ 15 milhões. A investigação contou com a participação do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU) e da Receita Federal.

Vazamento de informação

Também está sendo realizada simultaneamente pela Polícia Federal a operação Abscondito II. Neste caso, a Polícia Federal investiga vazamento na primeira fase da operação Sermão aos Peixes.

Os investigadores reuniram provas de que os membros da organização criminosa conseguiram cooptar servidores públicos para a obtenção de informações privilegiadas da investigação. De posse de tais informações, houve a destruição e ocultação de provas.

Os investigados devem responder pelos crimes de peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

fonte g1

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.