Márcio Araujo e Zé Ricardo serão mantidos no Fla até 2017, garante Eduardo Bandeira

fla 
O presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, concedeu uma entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira, no Ninho do Urubu, e oficializou a permanência do técnico Zé Ricardo para a próxima temporada. O dirigente já vinha falando que o treinador permaneceria na Gávea para 2017, mas preferiu se posicionar de maneira oficial. Na visão dele os jornalistas já esperavam por isso, uma vez que o Rubro-Negro está praticamente garantido na próxima Copa Libertadores e ainda tem chances matemáticas de conquistar o título do Campeonato Brasileiro.

“Acredito que todos já esperavam pela permanência do Zé Ricardo. Ontem, quando falei a alguns sobre isso, a repercussão foi grande e gerou surpresa. A renovação dele para mim sempre foi algo muito natural. Se o ano está acabando e vai começar outro, não é culpa nossa. Está fazendo um grande trabalho, então continua”, disse Bandeira.

O dirigente também falou que o clube deverá renovar o contrato do volante Márcio Araújo, que vai chegar ao fim em dezembro. Já a permanência de outras peças do elenco, como Fernandinho e Leandro Damião, emprestados por Grêmio e Santos, respectivamente, ainda é uma incerteza.

“Se existe alguém no clube que está desempenhando bem o seu papel tem que permanecer. Não há motivo para descontinuar. Esse é um assunto de competência do nosso departamento de futebol. Porém, acho que já é público que nossa avaliação do Márcio é muito boa e estamos trabalhando para que ele continue conosco”, afirmou.

Maracanã

Bandeira de Mello não desconversou quando questionado sobre o futuro do Maracanã. O dirigente pretende conseguir a administração do estádio via concessão, mas sabe que o Governo do Estado também pensa em licitação. Por isso, mandou seu recado.

“Todo mundo sabe que o Maracanã para ser viável depende do Flamengo. Seja através de uma nova licitação, através da transferência da concessão. Não vejo saída melhor que não seja o Flamengo como protagonista. Se inventarem alguma solução com algum grupo estranho, que venha assumir e pretenda contar com o Flamengo para ter lucro, vão quebrar a cara. O Flamengo sobrevive sem o Maracanã. Não sei se o Maracanã sobrevive sem o Flamengo”, disse Bandeira, que pretende buscar a construção de um estádio caso o Maracanã não seja o destino.

Dentro de campo o elenco do Flamengo trabalhou em campo nesta quinta-feira, mas a atividade foi fechada para a imprensa. O time se prepara para o duelo contra o América-MG na próxima quarta, às 21h45 (de Brasília), na Arena Independência, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Globo Esporte.com

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.