Maranhenses reclamam da diferença na cota da Copa do Nordeste 2017

Valor para a maioria dos clubes ficou em R$ 660 mil, enquanto que os maranhenses
e piauienses ficarão com a metade, R$ 330. Informação foi antecipada pela FMF

O presidente da Federação Maranhense de Futebol (FMF), Antônio Américo, informou na noite dessa terça-feira (13), que ficou acertados novamente uma cota menor para maranhenses e piauienses em relação aos times dos outros estados que vão jogar a Copa do Nordeste em 2017. Moto e Sampaio representam o Maranhão nesta edição.

Desta vez, a cota para a maioria dos clubes ficou em R$ 660 mil, enquanto que os maranhenses e piauienses ficarão com a metade, R$ 330, além das despesas com transporte e hospedagem.

A  Liga Nordeste chegou a encaminhar os recibos a Moto e Sampaio no valor de R$ 200 mil, mas após reunião na Confederação Brasileira de Futebol (CBF), houve reajuste e a diferença ficou menor.

> Times do PI e MA não receberão valor integral das cotas do Nordestão 2017

Além disso, ficou definido que a partir de 2018, os dois representantes do Maranhão e Piauí na Copa do Nordeste receberão a mesma cota das demais equipes. “O que ficou definido em reunião é que partir de 2018 a participação será efetiva e os valores serão iguais para todas as equipes”, adiantou Américo.

O presidente do Sampaio lamentou o que chamou de “ato discriminatório” e disse que espera que no ano que vem todas as equipes recebem o mesmo valor. “Nós não vamos receber o mesmo valor das demais equipes mais uma vez, o que não deixa de ser um ato discriminatório, vamos esperar que no ano que vem eles cumpram essa promessa de que os clubes do Maranhão vão receber o mesmo valor que as demais equipes”, destacou Sérgio Frota.

O presidente do Moto, Célio Sérgio destacou que o mais justo era que todas as equipes recebessem o mesmo valor. “Não foi o que nós esperávamos, pois o correto era o tratamento igualitário entre todas as equipes. Agora vamos esperar que no próximo ano acabem com essa discriminação com os clubes do Maranhão e Piauí porque todo ano é essa mesma coisa. Imaginem os torcedores que se a nossa cota fosse igual R$ 660 mil poderíamos investir bem mais”, disse.

Os times começam a jogar no dia 26 de janeiro. O Moto joga contra o Altos, em São Luís, e o Sampaio enfrenta o Sport, em Pernambuco.

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.