Maranhão já tem 7 milhões de habitantes, segundo o IBGE

São Luís é ainda a única cidade do Maranhão com mais de 1 milhão de habitantes; a capital maranhense é a 15ª cidade mais populosa do país, com a 4ª maior população do Nordeste, segundo a estimativa populacional 2016

 

 

 

SÃO LUÍS

 

O Maranhão atingiu a marca de 7 milhões de habitantes. Embora até o fechamento desta edição faltassem ainda cerca de 300 pessoas para a marca, estatisticamente já é possível afirmar que o Maranhão teve uma nova virada populacional. É o que mostram os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O último dado oficial divulgado pelo instituto quanto à população foram os da Estimativa Populacional 2016, divulgada em agosto do ano passado, mas o site do instituto atualiza em tempo real o número de nascimentos em todo o país.

 

O último Censo realizado pelo IBGE ocorreu em 2010. Em comparação ao último levantamento populacional, o número de habitantes do Maranhão cresceu 6,46% nestes sete anos. Já em relação à última Estimativa Populacional o crescimento foi de 0,66%. A taxa segue caindo desde o início dos anos 2000. Os gráficos do IBGE mostram que a taxa de crescimento populacional, que em 2001 era de 1,46%, deva chegar a 0,22% em 2030.

 

 

Faixa etária

 

A maioria da população maranhense está na faixa etária de 20 a 49 anos. A evolução dos grupos etários mostra que a população de 15 a 64 anos deve crescer até 2030, enquanto a de jovens de 10 a 14 anos deve diminuir nos próximos anos.

 

É o que mostram os dados atualizados em tempo real no site do instituto.

 

Os dados mostram ainda que as mulheres maranhenses vivem mais que os homens. Nos primeiros anos de vida, na faixa etária de 0 a 19 anos, o número de pessoas do sexo masculino tende a ser maior, mas a partir dos 20 anos a população do sexo feminino começa a ganhar a frente, enquanto a masculina vai diminuindo à medida que vai chegando à idade mais avançada.

 

Essa diferença deve aumentar em 1% até 2030, segundo as estimativas do IBGE. Hoje, a diferença entre o número de homens e de mulheres é 1,18% e vai chegar a 2,18%. Desde 2004 a população feminina superou a masculina no Maranhão.

 

Estimativa populacional

 

Em levantamentos de estimativas populacionais, também não é possível precisar detalhes sobre a população, como idade, sexo, raça e até mesmo bairro de residência. Estes microdetalhes são analisados nas contagens populacionais e no Censo.

 

O próximo Censo será realizado apenas em 2020, mas em agosto deste ano devem ser divulgados os dados oficiais da Estimativa Populacional 2017. A estimativa populacional leva em consideração o total da população até 1º de julho de cada ano.

 

A divulgação anual das estimativas da população residente nos municípios brasileiros obedece ao artigo 102 da Lei nº 8.443/1992 e à Lei complementar nº 143/2013. As estimativas populacionais são fundamentais para o cálculo de indicadores econômicos e sociodemográficos nos períodos intercensitários e são, também, um dos parâmetros utilizados pelo Tribunal de Contas da União (TCR) na distribuição do Fundo de Participação de Estados e Municípios (FPM).

 

Cidade mais populosa

 

São Luís é ainda a única cidade do Maranhão com mais de 1 milhão de habitantes. A capital maranhense é a 15ª cidade mais populosa do país e a 4ª maior população do Nordeste, segundo a estimativa populacional 2016. Isto acontece porque São Luís é um polo de atração populacional por ser a capital do estado – consequentemente, é a cidade que apresenta uma grande oferta de serviços em áreas como educação e serviços de saúde de alta complexidade e isso atrai muitas pessoas.

 

Atualmente, um quarto de toda a população do Maranhão vive na Região Metropolitana de São Luís. É o que mostra o levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) relativo à estimativa populacional de 2016.

 

Em comparação ao levantamento divulgado em 2015, a população da região metropolitana aumentou 4,36% e ultrapassou a marca de 1,6 milhão de habitantes, sendo a 18ª região metropolitana em população no Brasil. A estimativa populacional leva em consideração o total da população até 1º de julho de 2016.

 

Além das quatro cidades da Ilha, São Luís, José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa, o IBGE também considera Alcântara como parte da Região Metropolitana de São Luís. No ranking da Região Nordeste, a Região Metropolitana de São Luís ocupa a quarta colocação, ficando atrás das regiões metropolitanas de Fortaleza, Salvador e Recife, respectivamente, das quais Fortaleza é a única região metropolitana nordestina com mais de 4 milhões de habitantes.

 

Maranhão

 

O Maranhão tem apenas 9 cidades com mais de 100 mil habitantes. Além de São Luís, Imperatriz, que é também a segunda maior cidade em população, é a única com mais de 200 mil habitantes. São José de Ribamar, a terceira mais populosa, e Paço do Lumiar, outros dois municípios incluídos na Região Metropolitana de São Luís também aparecem na lista dos municípios com mais de 100 mil habitantes. Dos 217 municípios do estado, apenas 24 tem mais de 50 mil habitantes e outros 36 têm menos de 10 mil habitantes.

 

Junco do Maranhão é o município maranhense com menor população. Na cidade do norte maranhense, há apenas 3.330 habitantes, número populacional menor que o apresentado na Estimativa Populacional 2015, quando a cidade apresentou l3.431 habitantes.

 

SAIBA MAIS

 

As estimativas populacionais são fundamentais para o cálculo de indicadores econômicos e sociodemográficos nos períodos intercensitários e são, também, um dos parâmetros utilizados pelo Tribunal de Contas da União (TCR) na distribuição do Fundo de Participação de Estados e Municípios (FPM).

 

NÚMEROS

1.082.935 habitantes é a população de São Luís, segundo a Estimativa Populacional 2016

6.954.036 habitantes era a população do Maranhão, segundo a Estimativa Populacional 2016

6.574.789 habitantes era a população do Maranhão, segundo o Censo IBGE 2010

207.775.897 é a estimativa populacional brasileira, até o fechamento desta edição

206,1 milhões de habitantes era a população brasileira, segundo a Estimativa Populacional 2016.

 

Perfil do Maranhão segundo o Censo IBGE 2010

 

De acordo com os dados do Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Maranhão era o 10º estado mais populoso do país e 4º mais populoso do Nordeste. De acordo com o Censo 2010, a população feminina maranhense era de 3.310.823 habitantes (50,4% do total) e a população masculina, 3.258.860 habitantes (49,6% do total).

 

Ainda conforme o IBGE, viviam no meio urbano totalizam 4.163.728 habitantes (63,07% do total) e 2.425.955 habitantes (36,93% do total) moravam na zona rural. O Censo colocou o Maranhão como o estado com maior população rural do Brasil, com destaque para a cidade de Marajá do Sena, distante cerca de 400 quilômetros de São Luís. Marajá do Sena tinha, segundo o Censo 2010 8.051 moradores e 85,6% deles moram na zona rural.

 

Pelos dados do IBGE, o Maranhão apenas confirmou uma tendência vista desde a década de 1960. Segundo o Censo demográfico de 1960, o Maranhão já registrava o maior percentual de habitantes da zona rural em todo o Brasil. Mas, naquela época, 82% dos maranhenses não viviam nas zonas urbanas. Os dados do Censo 2010 mostraram ainda que o Maranhão tinha 25,7% dos seus 6,5 milhões de habitantes abaixo da linha da miséria (ganham até R$ 70 por mês), maior percentual do país.

 

O Censo IBGE 2020 deve mostrar um novo perfil do estado com aumento na taxa de urbanização, renda per capta, alfabetização e outros indicadores já que a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2015 já demonstrou avanços nestas áreas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FONTE: IMIRANTE.COM

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.