Maranhão apresenta projetos em Feira de Tecnologia na Bahia

O Governo do Maranhão, representado pela Maranhão Parcerias (MAPA) e Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), participou do InovaTic Nordeste, Feira de Negócios e Congresso, que aconteceu nos dias 26 e 27 de setembro, em Salvador. Temas de interesse dos prestadores de serviços de celular, banda larga, internet, streaming e TV paga estiveram em debate no congresso que, também, reuniu os representantes dos governos estaduais e gestores responsáveis pelas políticas públicas do setor.  

A MAPA apresentou o Internet para Todos, projeto que prevê a construção de 6.507 quilômetros de fibra óptica, conectando mais de 100 cidades do Maranhão com serviço de qualidade e alta velocidade. “O Internet para Todos vem para melhorar os índices de inclusão digital do nosso Estado, pois, por meio de cinco anéis de fibra, irá atender mais de 70% da população”, explicou o presidente da MAPA, Antonio Nunes.  

Parceria com o setor privado, o Internet para Todos será viabilizado através de uma concessão administrativa, pelo período de 30 anos, com possibilidade de receita acessória via exploração comercial da estrutura óptica. 

A previsão de investimento, de R$ 448 milhões, será por meio de parceria com o setor privado e vai garantir infraestrutura da MAPA, instalação de rede de fibra ótica com fornecimento dos serviços de videoconferência, espaço para tráfego de dados e serviço de voz para entidades da administração pública estadual, além de 500 pontos de internet banda larga para uso da população. Ao final do período de concessão, toda a infraestrutura instalada será incorporada ao patrimônio do Estado, com reinvestimento na modernização dos equipamentos. 

Maranet e Polo Digital

Na ocasião, o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, Davi Telles, apresentou os projetos Maranet – Rede de Internet Gratuita do Maranhão, que atende atualmente 61 municípios – e o Polo Digital do Nosso Centro, que inclui soluções tecnológicas de desenvolvimento no programa de revitalização do Centro Histórico de São Luís.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.