Mais um maranhense é morto no bairro Águas Lindas em Belem do Pará

O adolescente Gabriel Silva da costa, de 16 anos, foi assassinado a tiros, por volta das 2 :hs, da madrugada, do último dia 25. o crime  aconteceu na cidade de Ananindeua Pará, onde ele residia com a mãe e uma irmã. Segundo relatos de familiares repassados ao blog de Alexandre Cunha, o adolescente teria saído  em companhia de alguns amigos, quando foi assassinado. A motivação do  homicídio  são  desconhecidas tanto para a polícia e os familiares.

Gabriel teria sido morto no  bairro Águas Lindas, e  de acordo com um soldado  PM, identificado por  Carneiro, da 3ª Companhia de Policiamento do 6º Batalhão de Polícia Militar (BPM), os  moradores da área  relataram que o assassinato teria ocorrido durante uma falta de energia no local. “As pessoas estavam nas suas casas e apenas ouviram de 3 a 4 disparos”, disse Carneiro.

O suspeito de envolvimento no crime, ainda  não foi identificado e está foragido. “Não temos informações de como o assassino chegou aqui e nem como ele fugiu. Também não sabemos se outras pessoas participaram, já que não temos testemunhas”, ressaltou o PM.

A vítima morava no mesmo local  com  a família onde foi assassinado, o projetil  que matou Gabriel, perfurou   a o crânio , causando  outras lesões.

Uma prima de Gabriel, identificada como Dandara Nascimento , também foi morta, na  mesma rua, no dia 3 de janeiro deste ano     roubado do jovem. O adolescente era primo da jovem Dandara Nascimento, morta em 3 de janeiro de 2016, na mesma rua. Um outro homicídio ocorreu na cidade de Altamira  no estado do Pará, quando foi a também chapadinense, Lucia Pereira , morta pelo esposo no ultimodestaque-372341-dp20160625_wa_3574 (1) domingo (26)

A Divisão de Homicídios da Polícia Civil investiga o caso. O corpo do adolescente foi periciado por uma equipe do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves e removido para o Instituto. Logo depois liberado para os familiares, o velório ocorreu na própria cidade.

Gabriel Silva era ex- aluno da Brigada Pré-militar de Chapadinha, filho do moto taxista, Evaldo Alves da Costa, e sobrinho da Funcionária Publica Leoneide (que trabalha no HAPA), ele estava morando em Ananindeua a cerca de dois anos, Gabriel teria ido apenas passar o aniversário no Pará quando resolveu ficar e morar com a mãe, e uma irmã. A Familia  de seu pai em Chapadinha foram acompanhar o velório, o momento é dor comoção entre todos por perderem um jovem com um futuro promissor.

Fonte: Alexandre

Colaboração de texto: Mauro Garcia

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.