Mais três unidades do Programa Escola Digna são entregues a comunidades indígenas do Maranhão

Promover e proteger os direitos indígenas, integrando metas e atividades que possibilitem a gestão territorial e ambiental das terras e reservas por meio do uso sustentável dos recursos naturais disponíveis. Esse é um objetivos do Plano Decenal Estadual de Políticas Públicas para os Povos Indígenas (PPPI), instituído pelo Governo do Maranhão em favor dos povos indígenas de todo o estado.

E desde o início de sua gestão, o governador Flávio Dino tem mantido ações e inúmeros investimentos voltados às populações tradicionais e dos povos indígenas do Maranhão. E entre esses investimentos está a entrega de novos prédios escolares, substituindo antigas estruturas inadequadas.

No último dia 15 foram entregues, de uma só vez, mais três unidades escolares do Programa Escola Digna, obras que chegam para beneficiar as comunidades das Aldeias Abraão e Jacaré – no município de Arame – e Juçaral, em Amarante do Maranhão.

Presente às entregas, o secretário de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves, enfatizou que essas entregas só reforçam esse compromisso do Governo e as ações propostas no PPPI.

“O governador Flávio Dino está substituindo esse tipo de escola [de taipa e palha] por escolas dignas, para que as pessoas possam ter condições de aprender e os professores de ensinar, sem isso, é injustiça e violação de direitos”, afirmou o secretário estadual.

Em Arame foram entregues as Escolas Indígenas: João Pinuhu, na Aldeia Abraão; e Purumu`E Katuhaw, localizada na Aldeia Jacaré. 

Durante a entrega da EI João Pinuhu, o cacique da Aldeia Abraão, Bernardino Guajajara declarou estar muito satisfeito com as novas instalações da escola, que agora contam com duas salas de aula, além de dependências pedagógicas e administrativas. Uma nova unidade escolar que atenderá a demanda de mais de 95 estudantes. 

“Primeira vez que nossa aldeia recebe uma obra desse tamanho. Agradeço ao Governo do Estado e à Prefeitura de Arame por essa escola. A gente vinha sonhando e lutou muito pra que esse dia acontecesse”, disse o cacique.

Emoção também compartilhada pelos indígenas da Aldeia Jacaré. Lá o Governo do Maranhão entregou a nova E.I. Purumu`E Katuhaw, que substituiu a antiga estrutura de palha e taipa onde os mais de 20 estudantes assistiam às aulas. 

O novo prédio além das duas salas de aula também ganhou mobília nova e pátio coberto para a realização de eventos escolares e culturais. “Meu pai sonhou em ver essa escola construída”, declarou o cacique Rogério Guajajara, na entrega da escola na Aldeia Jacaré.

Já em Amarante do Maranhão, a comunidade da Aldeia Juçaral comemorou a entrega da Escola Indígena Gianni Sartori. Antes da construção do novo prédio escolar, os mais de 100 estudantes da localidade não tinham um local adequado para as atividades escolares.  

“A gente está recebendo uma escola nova, escola que foi aprovada pelo Programa Escola Digna e que vai estar dando um espelho para outras aldeias. Então ‘a gente está muito satisfeito’ por estar recebendo essa escola através do Governo do Estado e do secretário Felipe Camarão. E nós estamos muito agradecidos por isso, porque com certeza os alunos vão ficar mais animados com uma escola nova”, enfatizou Fred Guajajara – liderança indígena da Aldeia Juçaral.

“É muito bom para nós ter escola boa na aldeia, é assim que a gente quer. A gente agradece muito ao [Governo do] Estado e ao [Governo do] Município que estão dando apoio para nós de realizar esse sonho de ter uma escola bonita”, declarou emocionada Idiuma Guajajara, mãe de um dos estudantes beneficiados com a nova EI Gianni Sartori.

Dia D – Escola Digna

Além das escolas indígenas, o Governo do Maranhão entregou no último dia 15 de fevereiro, mais quatro obras educacionais entre: construções, revitalizações e reformas, beneficiando centenas de estudantes em diversas regiões do estado. 

Na Grande Ilha foram entregues: a revitalização do Centro de Apoio Pedagógico ao Deficiente Visual (CAP) – no bairro do Maranhão Novo; e a reforma e ampliação do Centro de Ensino São Cristóvão – Anexo Coquilho – na zona rural. E em São José de Ribamar foi entregue a reforma do Centro Educa Mais Cidade de São José de Ribamar.

E na região do Alto Turi, no município de Maranhãozinho, foi entregue a reforma do Centro de Ensino Elias das Chagas Bitencourt, que recebeu investimentos equivalentes a mais de R$ 1 milhão, possibilitando melhorias nas áreas de: cobertura, forro, revestimentos, mármores e granitos, pavimentação, pintura geral, entre outros, além de instalações de combate a incêndio.

“É uma alegria muito grande em mais um momento especial do programa Escola Digna entregar estas unidades, o que nos deixa extremamente satisfeitos. Seguimos a determinação do governador Flávio Dino para priorizar esta iniciativa e entregamos uma série de escolas em todo o Estado. Isso mostra que Flávio Dino é o governador de todos e que na educação temos o caminho da oportunidade para o desenvolvimento do Maranhão e pela garantia da aprendizagem e mudança de vida dos nossos estudantes”, concluiu o secretário de Estado de Educação (Seduc), Felipe Camarão.

Fonte: Seduc

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.