Mais de 60 famílias estão vivendo debaixo da ponte do São Francisco em São Luís

O déficit habitacional ficou ainda mais acentuado na capital maranhense devido a pandemia de covid – 19. Moradores da área não possuem acesso à água encanada, saneamento básico e tem dificuldade s para se alimentar.

Cerca de 61 famílias estão morando debaixo da Ponte José Sarney, conhecida como Ponte do São Francisco, em São Luís. Grande parte destas pessoas estão vivendo em condições precárias, sem acesso à água encanada, saneamento básico e alimentação.

Com a pandemia de Covid-19, o déficit habitacional e os problemas ocasionados por ele, ficaram ainda mais acentuados na capital maranhense. Sem emprego, muitas pessoas perderam suas rendas e viram na estrutura da ponte a única opção para construir as moradias irregulares.

Lucidalva da Silva é mãe de duas crianças e vive há cerca de um ano embaixo da ponte. Desempregada, ela montou uma estrutura de um imóvel improvisado que conta com um colchão, uma mesinha e um fogão.

“Foi o único lugar que a gente pode se acolher (…) já estou aqui vai fazer um ano (…) quem que não quer ganhar um cantinho, sair de aluguel, sair dessa batalha que a gente está enfrentando”, disse. Sem dinheiro, muitas pessoas não tiveram condições, inclusive, de comprar máscaras de proteção facial contra a Covid-19. Algumas destas famílias sobrevivem com a ajuda de programas sociais do governo federal.

Fonte: Douglas Pinto, TV Mirante, G1 MA — São Luís, MA

foto: Reprodução/TV Mirante

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.