Mais de 400 atletas participaram de corrida contra a corrupção

Com o objetivo de promover o debate e mobilizar a sociedade na prevenção e combate à corrupção, a Rede de Controle da Gestão Pública promoveu a I Corrida Contra a Corrupção. A competição aconteceu neste domingo (10) na Avenida Litorânea, em São Luís, e reuniu mais de 400 atletas. O Governo do Estado participou da ação por meio da Secretaria de Estado de Transparência e Controle (STC).

Atletas profissionais e amadores foram divididos nas categorias geral, integrantes da Rede de Controle e cadeirante – as duas primeiras com percursos de 5 e 10 km, e a terceira apenas para 5 km. Além dos troféus aos três primeiros colocados por categoria, todos os participantes receberam medalhas ao final do percurso.

Na categoria integrantes da Rede de Controle, a STC teve destaque com as vitórias do secretário adjunto de Transparência, Steferson Ferreira, em primeiro lugar na modalidade masculino de 5 km, e da corregedora-geral do Estado, Ana Karla Silvestre Fernandes, em terceiro lugar na modalidade feminino de 5 km. O resultado completo dos vencedores por categoria e modalidade estarão disponíveis no site http://eucorromais.com.br/ amanhã (12).

“Todos os anos, com apoio da Secretaria de Transparência, a Rede de Controle promove evento alusivo ao Dia Internacional Contra Corrupção. Em 2017 resolvemos inovar. Em lugar de panfletagem na praça, instituímos a corrida contra a corrupção, convidando a população a se engajar em prol da causa”, explicou o secretário de Transparência e Controle, Rodrigo Lago. “A enorme adesão revela que a mensagem foi bem recebida pela população”, finalizou.

“A sociedade se sente parte desta luta”, contou o promotor de Justiça, Marco Amorim. “Este é um evento diferenciado, uma maneira plausível de manifestar a indignação com sistemas de corrupção que assolam nosso país. Avaliamos de maneira muito positiva essa atividade”, analisou.

Rede de Controle

A Rede de Controle da Gestão Pública do Maranhão atua para assegurar a efetiva e regular gestão dos recursos públicos por meio de trabalho compartilhado que propicia novas alternativas de atuação e gera oportunidades de novas respostas, ainda mais ágeis e eficazes. É uma mudança no paradigma de gestão com ênfase na interdependência, cooperação e parceria entre as instituições.

Entre as instituições que integram a Rede de Controle estão: Tribunal Regional Eleitoral, Tribunal de Contas da União, Controladoria Geral da União, Controladoria Geral do Município, Tribunal de Justiça, Tribunal de Contas do Estado, Ministério Público Estadual, Ministério Público de Contas, Caixa Econômica Federal, Polícia Civil, Advocacia-Geral da União, Procuradoria Federal, Procuradoria Geral do Estado, Procuradoria da União, Procuradoria da República, secretarias estaduais de Transparência e Controle, da Fazenda e Segurança Pública; Receita Federal, Polícia Rodoviária Federal, Agência Brasileira de Inteligência, Auditoria do Ministério da Saúde e Consultoria Jurídica da União.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

fonte: governo do estado

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.