Mais de 30 idosos do Solar do Outono receberam vacina contra a Covid-19

Fonte: Sedes
Fotos:  Honório Moreira

“Eu vesti até roupa nova para me vacinar porque é uma ocasião especial. Não vejo a hora desse corona ir embora e a gente poder voltar a receber visitas e passear pela cidade”, disse Raimundo Sousa, de 77 anos, morador do Solar do Outono, que recebeu a vacina contra o novo coronavírus (Covid-19) nesta quinta-feira (21). 

Ele e mais 38 moradores do Solar do Outono fazem parte do grupo prioritário, definido pelo Ministério da Saúde, na primeira etapa de vacinação contra o Covid-19.
A vacinação foi realizada por equipes volantes que vão até os abrigos de longa permanência de todo o estado. No Solar, os idosos foram acompanhados pelas equipes da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes) e Secretaria Municipal de Assistência Social (Semcas) de São Luís.

De acordo com o secretário da Sedes, Márcio Honaiser, a vacinação é importante para a garantia da saúde física e psicológica dos idosos acolhidos pelo Solar do Outono.

“Acompanhamos de perto a primeira etapa da vacinação dos moradores do Solar, que foi positiva e transcorreu dentro das expectativas. A vacina é o início do sonho de tudo ficar bem novamente, com os nossos idosos protegidos, podendo fazer suas atividades e retomar com o convívio social que eles tanto gostam”, disse o secretário.

Para Glória Maria, moradora do Solar, a vacina é importante para que eles estejam protegidos e possam retomar a sua rotina. 

“A gente vai ficar mais seguro para fazer o que a gente gosta, nossos passeios, conversar com outras pessoas e todas as outras atividades que a gente faz aqui. Graças a Deus estamos sendo vacinados e tudo isso vai acabar logo”, agradeceu Glória.  

O Solar do Outono é administrado pelo Governo do Estado, por meio da Sedes, e tem capacidade de acolher 40 idosos. O prédio é equipado com farmácia, enfermaria, salas de equipe técnica, salas de administração, recepção, cozinha, refeitório, duas praças internas, banheiros coletivos para funcionários, banheiro para visitantes, almoxarifados, cozinha para funcionários, lavanderia, rouparia, oito quartos com banheiros adaptados para os acolhidos, além de duas áreas externas pavimentadas.

O diretor do Solar do Outono, Glécio Sandro, explicou que a vacinação dos idosos representa a esperança de dias melhores aos acolhidos que desde março estão em isolamento social.

“Todos nós sofremos muito com a pandemia, mas principalmente os nossos idosos, que foram privados de receber visitas, de participar de brincadeiras, festas e passeios. Isso tudo afetou muito a saúde deles, principalmente o psicológico. Estamos felizes em ver que eles estão sendo protegidos, já que além de serem do grupo de risco pela idade, a maioria são portadores de comorbidades”, disse o diretor. 

No local, os idosos são assistidos por 91 funcionários, entre médicos, dentistas, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, psicólogos, assistentes sociais, fisioterapeutas, farmacêuticos, nutricionistas, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, tecnólogos de alimentos e equipe da área administrativa.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.