Mais da metade dos motoristas usa celular enquanto dirige

 

 

 

De acordo com a pesquisa, são 51,9% que admitem dirigir com o celular em mãos.

 

 

 

Uma pesquisa nacional realizada pela Arteris – concessionária de rodovias – aponta um uma realidade conhecida entre motoristas no Brasil: mais da metade dos condutores brasileiros admite usar o celular enquanto dirige, mesmo que raramente.

De acordo com a pesquisa, são 51,9% que admitem dirigir com o celular em mãos. O percentual é mais expressivo para motoristas com idade entre 18 e 21 anos e que moram na região sudeste do país.

Com o uso dos aparelhos, o risco de acidentes aumenta expressivamente. Se o motorista dedica 4 segundos para uma rápida olhada no visor do celular, percorre cerca de 120 metros inteiros sem ter os olhos na estrada nos veículos ao lado, diminuindo, também, os reflexos necessários para uma reação imediata diante de uma colisão.

As distrações podem ser várias: digitar um número de telefone ou uma mensagem, ligar para alguém, atender uma ligação, enviar um áudio no Whatsapp, selecionar uma música em algum aplicativo de streaming ou simplesmente observar o GPS.

Se o condutor decide checar o celular enquanto dirige a uma velocidade de pouco mais de 100km/h, pode chegar a percorrer a distância equivalente a quatro campos de futebol totalmente às cegas.

INFRAÇÃO

Vale lembrar que conduzir um veículo com celular em mãos é infração gravíssima prevista no Código de Trânsito Brasileiro e pode render 7 pontos na carteira e multa de R$ 293,47.

O estudo ainda abordou outros eixos, como uso do cinto de segurança, direção após o consumo de bebida alcoólica e desrespeito aos limites de velocidade.

O único que apresentou melhoria em relação aos dados coletados no ano passado foi o índice sobre velocidade, que, neste ano, foi de 59,3% em relação aos motoristas que declararam respeitar os limites estabelecidos, enquanto em 2016, o percentual foi de 51,3%.

Os acidentes de trânsito estão entre as principais causas externas de morte no Brasil e no mundo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FONTE: MA10

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.