Mãe de Ana Clara deve ser transferida nesta quinta-feira

julianecarvalho0901-300x225 Deve ser transferida até o fim desta quinta-feira (9) a mãe da menina Ana Clara, que morreu na segunda-feira após ter mais de 90% do corpo queimado nos ataques a ônibus em São Luís. Juliane Santos, de 22 anos será levada a um hospital de Brasília, cidade onde possui parentes. A assessoria de comunicação da Secretaria de Estado da Saúde informou que a transferência de Juliane foi um pedido de seus familiares e aguarda somente uma definição de horário e chegada de UTI aérea.

Juliane apresenta 40% do corpo queimado e está e seu estado de saúde é considerado estável. Na terça-feira (7) uma alteração renal fez com que os médicos optassem porta transferí-la a UTI do Hospital Geral Tarquínio Lopes Filho por precaução. ela recebe visita de familiares e ainda não sabe da morte de Ana Clara. O avô da menina morreu de infarto após receber a notícia de que sua neta estava no ônibus incendiado.

Outras vítimas

A SES informou também que a criança Lorrane Santos de 1 ano e 5 meses e Abiancy Silva, de 35 anos devem ter alta até o fim de semana. Na tarde de quarta-feira, o entregador de frangosMárcio Nunes foi transferido à Goiânia-GO para um hospital referência em tratamento de queimados. Márcio teve pouco mais de 70% do corpo queimado enquanto tentava ajudar as crianças que estavam no veículo incendiado, inclusive a menina Ana Clara, que morreu três dias depois dos ataques.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.