Maconha apreendida em ação foi avaliada em cerca de R$ 5 milhões

Cerca de três toneladas de maconha foram apreendidas em ação da Polícia Civil, resultado de investigação da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (SENARC), que apontou a existência de um grande estoque de entorpecentes no bairro do Miritiua, em São José de Ribamar. A droga estaria sendo transportada em uma carreta com placa de Balsas, que seria acompanhada de outros dois veículos.

Ao total, foram apreendidos 3.684 tabletes de maconha prensada, pronta para o consumo, o equivalente a 3,2 toneladas. A grande quantidade de entorpecentes foi avaliada em mais de R$ 5 milhões e segundo informações da polícia, seria oriunda do centro oeste do país, região de fronteira com outros países da America do sul.

Durante a operação, também foram presas quatro pessoas, integrantes de quadrilha interestadual especializada em roubos: Denílson Castro dos Santos (30 anos), natural de São Luís –MA; Pablo Hernandes Ferreira (33 anos), natural de Marabá-PA; Walt Rafael Sousa de Araújo (33 anos), natural de Teresina-PI; e Rodrigo Alves de Oliveira (32 anos), natural de Porto Nacional-TO. Os suspeitos foram autuados pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Em 2017, mais de 7 toneladas de drogas foram apreendidas pela Senarc, sendo maconha, cocaína e crack.

Ainda como resultado da investigação, a Polícia Civil apreendeu também os três veículos utilizados no crime.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.