Lula volta atrás e pede para cancelar depoimento na PF

Os advogados de defesa do ex-presidente Lula pediram para cancelar o depoimento que deveria ser prestado à Polícia Federal nesta quinta-feira sobre suposto esquema de “venda” de medidas provisórias em seu governo.

O pedido foi aceito por investigadores da Operação Zelotes, levando em conta que Lula já teria passado por um aperto no dia anterior, quando prestou depoimento à PF sobre distribuição de propina da Petrobras, no âmbito da Operação Lava Jato. Ainda há nova data marcada para a oitiva.

Este depoimento, sobre as investigações da Operação Zelotes,  é mais complicado para Lula, que não fala apenas como testemunha. A Polícia Federal quer explicações sobre “fatos relacionados ao lobby realizado para a obtenção de benefícios fiscais”, por meio das MPs assinadas por ele e Dilma, que favoreceram montadoras de veículos e que causaram prejuízos de R$ 13 bilhões aos cofres públicos.

O filho de Lula, Luís Cláudio Lula da Silva, é um dos investigados na Zelotes por ter recebido R$ 2,5 milhões de um dos lobistas investigados pela “compra” das MPs de Lula, segundo comprovou a PF.

Lula já tentou se esquivar das acusações e entregou o filho à própria sorte, sem defender em nenhum momento a inocência do caçula. Em nota divulgada na semana passada, Lula tentou tirar o corpo fora e disse que não tem relação com os fatos investigados.

Lula ainda tentou colocar a cula em Dilma. Ele ressaltou na nota que a MP 627, de 2013, que foi editada e aprovada no período em que seu filho recebeu dinheiro do lobista, não é de sua gestão, mas do governo da aliada e sucessora Dilma Rousseff.Lula amarela e pede para cancelar depoimento na PF sobre venda de MPs e fortuna do Filho

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.